Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Peça inspirada na 'Farsa do Mestre Pathelin' tem estreia em Viana

A peça com dramaturgia de João Mota, inspirada na 'Farsa do Mestre Pathelin', texto anónimo francês do século XV, tem estreia nacional, no domingo, na abertura da terceira edição do festival de teatro de Viana do Castelo.

Peça inspirada na 'Farsa do Mestre Pathelin' tem estreia em Viana
Notícias ao Minuto

19:32 - 08/11/19 por Lusa

Cultura Teatro

"A dramaturgia do João Mota assenta numa companhia de circo que conta a história divertida de um advogado que vai a tribunal livrar o seu cliente, que é culpado, de ser condenado. É um texto charneira que muitos advogados conhecem por tratar a profissão de forma muito graciosa e hilariante", disse hoje o diretor artístico do Teatro do Noroeste-CDV, Ricardo Simões.

A peça 'O Circo Rataplan Apresenta: A Farsa do Mestre Pathelin', uma cocriação do Teatro do Noroeste com a Comuna, estreia-se no domingo, pelas 21h30, na sala principal do Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo.

O responsável pela companhia profissional de Viana do Castelo, que falava aos jornalistas antes do ensaio de imprensa, disse tratar-se de "um espetáculo absolutamente único", por ter em palco o encenador João Mota.

"O João Mota fez isto duas vezes, nas últimas décadas. Ninguém viu o João Mota a representar", reforçou Ricardo Simões.

O espetáculo, a primeira cocriação entre o Teatro do Noroeste - CDV, companhia profissional de Viana do Castelo, e A Comuna - Teatro de Pesquisa, de Lisboa, tem dramaturgia e encenação de João Mota e interpretação de Alexandre Calçada, Carlos Paulo, Elisabete Pinto, Hugo Franco, Maria Ana Filipe, Miguel Sermão e Tiago Fernandes.

No final do ensaio de imprensa, João Mota explicou que a peça "é muito interessante por, a nível social, ser um ataque bastante urdido, é como se estivéssemos num recreio, em que os mais fortes, os senhores, são enganados por uma coisa que tem manha, que é a inteligência, que é o povo".

"Os senhores esquecem-se muitas vezes de que o povo tem inteligência", frisou.

O encenador referiu ainda que "os atores estão em palco como se estivessem no circo, com uma grande cumplicidade entre eles, em que os ensaios são um recreio".

"A gente vai brincado e o teatro não é mais do isso. Jogar. Em francês 'jouer', em inglês 'play'. Esquecemos muito isso hoje, porque queremos agradar a uns senhores que não vêm ao teatro. Este é um espetáculo popular, para todos. E popular investigando. A dificuldade é fazer teatro popular, investigando ao mesmo tempo", referiu.

O espetáculo 'O Circo Rataplan Apresenta: A Farsa do Mestre Pathelin' abre a terceira edição do festival de Teatro de Viana do Castelo que decorre até dia 18, com '17 representações de 14 diferentes espetáculos de Portugal e de Espanha'.

"Há espetáculos com lotação esgotada, mas para esta peça de domingo ainda há bilhetes. É um festival com espetáculos diferentes para todos os públicos. O programa inclui seis comédias, espetáculos para a família, para todas as idades e, pela primeira vez, para bebés", especificou.

Ricardo Simões adiantou que a parceria com o Teatro da Comuna "é para continuar, com mais um projeto no próximo ano".

A companhia de Viana do Castelo "já convidou João Mota para voltar a ser professor na escola de verão para atores que a companhia realiza em julho".

"O João Mota é uma referência em Portugal. É reconhecidamente um dos maiores vultos do ensino do teatro, não apenas da criação, encenação e da interpretação. É um grande pedagogo", destacou.

O programa do festival, com tradução simultânea em Língua Gestual Portuguesa (Gestu), inclui "conversas pós-espetáculo entre públicos e intérpretes (Digestivo), assim como as iniciativas 'Ver Com As Mãos', caraterizada pela tateação do espaço cénico previamente ao início de cada espetáculo por parte de espetadores cegos e, também, as sessões descontraídas, que decorrem numa atmosfera mais tolerante relativamente a movimentações e ruídos vindos da plateia".

O festival é organizado pelo Teatro do Noroeste - CDV, com o apoio da Câmara local e da Direção-Geral das Artes (DGArtes).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório