Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Garcia Pereira lança livro com prefácio de Ramalho Eanes

'Por um país mais justo e outras crónicas' é o livro do advogado, professor e ex-dirigente do MRPP Garcia Pereira a ser lançado na terça-feira e que incita o leitor a denunciar aquilo que está "errado" e é "injusto".

Garcia Pereira lança livro com prefácio de Ramalho Eanes
Notícias ao Minuto

18:16 - 16/09/19 por Lusa

Cultura Literatura

Com prefácio do ex-Presidente da República Ramalho Eanes, o livro será apresentado em Lisboa pelo presidente do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), Santana Castilho, e pelo cineasta António Pedro Vasconcelos.

A obra defende a ideia de que "não, não somos livres" e que "todos nós vivemos hoje uma época em que, a todo o momento, se procura impor a lógica do que o instantâneo deve prevalecer sobre o duradouro, o espetacular e o primário sobre o reflexivo e o maduro.

"Vive-se, pois, uma época em que as instituições (a começar pelos organismos públicos e a acabar nos sindicatos e nos partidos políticos), por influência de poder, de dinheiro, ou outras, como que vegetam numa espécie de nevoeiro de silenciamento, de conformismo e de impotência", lê-se num texto extraído do livro, editado pela Âncora.

Nas palavras de António Garcia Pereira, aos cidadãos compete, porém, "resistir contra o que é incorreto, lutar contra o que é injusto, e se as instituições e organizações que existem não servem para aquilo a que supostamente se destinariam", há que "saltar por cima delas e criar novas formas de organização e intervenção".

"É, pois, possível fazer diferente e melhor. E o primeiro passo a dar é precisamente saber denunciar o que está, e profundamente, errado. E o segundo, é promover a discussão acerca das soluções", indica o mestre e doutor em Direito, que aderiu à juventude do MRPP em 1972, antes da queda do regime.

No prefácio, o antigo Presidente da República Ramalho Eanes define Garcia Pereira como alguém que "tem procurado, sempre, na sua ação de cidadania, não renunciar quer às utopias, quer ao combate político, embora utilizando, por vezes, um discurso `politicamente incorreto e até radical".

Ramalho Eanes aponta a atualidade das questões levantadas por Garcia Pereira quando este pergunta se a democracia eleitoral proporciona uma "verdadeira liberdade" e também se há liberdade "quando a crítica política, fundada e elevada, e o jornalismo de investigação" são afastados do quotidiano político.

Garcia Pereira nasceu em Lisboa em 1952 e, além da sua carreira política no MRPP, é autor de diversas obras e artigos sobre a área do Direito, a Justiça e os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos.

Foi membro do Conselho Geral e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados entre 1998 e 2000.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório