Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 28º

Elisa e Marcela enganaram a Igreja e casaram em 1901. A história em livro

Obra é o mais recente romance do conceituado escritor português Alberto S. Santos.

Elisa e Marcela enganaram a Igreja e casaram em 1901. A história em livro
Notícias ao Minuto

18:50 - 14/05/19 por Patrícia Martins Carvalho

Cultura Literatura

Elisa e Marcela entraram para a história depois de, em 1901, terem enganado tudo e todos, incluindo a Igreja, e casado com a bênção do padre da Galiza, em Espanha.

Elisa subiu ao altar como Mário, usando um corte de cabelo e vestes masculinas e ninguém descobriu a sua real identidade. A verdade só veio a ser descoberta já depois de as duas mulheres terem sido abençoadas com o sacramento do casamento, o que se tornou num verdadeiro escândalo.

A história do primeiro casamento homossexual deu muito que falar. Elisa e Marcela foram perseguidas em Espanha e fugiram para Portugal onde foram defendidas pelo povo e pelas autoridades.

Ainda assim acabaram por ser detidas e julgadas, mas absolvidas. E, em 1902, voltaram a estar no centro da polémica ao serem mães.

Esta é a história verdadeira que Alberto S. Santos conta, de forma romanceada, no seu livro ‘Amantes de Buenos Aires’ que já está à venda nas livrarias nacionais.

Notícias ao Minuto© Porto Editora

Recomendados para si

;
Campo obrigatório