Meteorologia

  • 16 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 24º

Edição

Companhia Nacional de Bailado estreia novas coreografias

As coreografias 'Annette, Adele, e Lee', de Rui Lopes Graça, e 'Madrugada', de Victor Hugo Pontes, vão ter estreia absoluta pela Companhia Nacional de Bailado (CNB) no Teatro Camões, em Lisboa, a 16 de maio, foi hoje anunciado.

Companhia Nacional de Bailado estreia novas coreografias
Notícias ao Minuto

19:30 - 10/05/19 por Lusa

Cultura Teatro

De acordo com a CNB, as duas novas coreografias vão ser apresentadas no Teatro Camões, a 16, 17 e 19 de maio, e depois a 25 de maio no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada.

A convite da CNB, os coreógrafos Rui Lopes Graça e Victor Hugo Pontes regressam à companhia para criar duas novas obras em estreia absoluta, que será precedida de um ensaio geral solidário a 15 de maio, no Teatro Camões, às 21:00.

'Annette, Adele, e Lee' é criação conjunta com conceito de Rui Lopes Graça e de João Penalva, com coreografia do primeiro e o artista plástico a assinar o espaço cénico e figurinos.

Tem ainda som de David Cunningham e desenho de luz de Nuno Meira.

De acordo com a sinopse desta nova coreografia, os três nomes próprios que constituem o título são os nomes dos três bailarinos de sapateado que, contratados para dançar num estúdio de gravação de som, deram origem ao material com que David Cunningham compôs o som para este bailado.

O espetáculo não mostra uma narrativa, mas o resultado da junção de interpretações de sapateado e de bailarinos de formação clássica.

"Os bailarinos que vemos, de formação clássica, dançam ao som dos seus colegas do sapateado. Quanto a esses, os que não vemos, poderemos apenas imaginá-los e perguntar como serão. No entanto, os trinta minutos de grande complexidade de padrões sonoros e coreográficos - em que a presença dos três bailarinos é contínua - tornarão memoráveis os seus nomes", descreve a sinopse.

A interpretação é de Andreia Mota, Anyah Siddall, Dylan Waddell, Francisco Sebastião, Inês Moura, João Pedro Costa, Leonor de Jesus, Miguel Esteves, Raquel Fidalgo, Tatiana Grenkova, e Tiago Coelho.

Em 'Madrugada' de Victor Hugo Pontes, que assina a coreografia e os figurinos, Rui Lima e Sérgio Martins são os autores da música original e F. Ribeiro criou a cenografia, enquanto Wilma Moutinho assina o desenho de luz.

'Madrugada' foi desenvolvida com os bailarinos que a interpretam: Aeden Pittendreigh, África Sobrino, Almudena Maldonado, Francisco Couto, Gonçalo Andrade, Henriett ventura, Inês Ferrer, Lourenço Ferreira, Michelle Luterbach, Miguel Pamalho, Nuno Tauber, Paulina Santos e Ricardo Limão.

Esta nova peça coreográfica de Victor Hugo Pontes remete para um período do dia, ou da noite, em que acontecem excessos.

"Lusco-fusco, exaustão do corpo, fim de festa, regresso à luz. Dançar a noite toda. No fim o corpo já não pensa, só reage. Todos juntos no escuro: a música, os olhos, as histórias, os tropeções, o corpo suado. Todos consigo mesmos: os olhos fechados, ver muito para dentro, por dentro, o corpo frenético. A noite é de todos, mas a dança é cada vez mais íntima, sozinha", segundo a sinopse da obra.

Desde 2011 que a CNB realiza um Ensaio Geral Solidário de cada espetáculo antes da estreia, para o qual os espetadores pagam 12 euros para assistir e, desta forma, apoiar instituições de solidariedade social.

Em oito anos, a companhia nacional apoiou uma centena destas entidades, com mais de 330 mil euros, segundo dados avançados pela entidade à agência Lusa.

Para este programa de dia 15 de maio, o Ensaio Geral Solidário das novas criações irá reverter para a APSA - Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger e a Mãos Unidas - Associação Mãos Unidas Padre Damião.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório