Meteorologia

  • 25 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

'Bohemian Rhapsody' será exibido na China mas sem lado gay do cantor

Rami Malek recebeu o Óscar de melhor ator pela sua interpretação de Freddie Mercury.

'Bohemian Rhapsody' será exibido na China mas sem lado gay do cantor
Notícias ao Minuto

19:27 - 28/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Cultura Censura

'Bohemian Rhapsody', o filme que retrata a vida de Freddie Mercury, o histórico vocalista dos Queen, vai ser exibido na China. Mas com condicionantes.

Segundo o Hollywood Reporter, a sexualidade do cantor será omitida na versão que será exibida na China. De fora vai ficar uma cena em que o ator Rami Malek surge a beijar um homem. Cenas que envolvem drogas também deverão ser censuradas na China.

'Bohemian Rhapsody' foi um dos filmes a figurar entre os nomeados aos Óscares, atribuídos no passado fim de semana. A interpretação de Rami Malek no papel de Freddie Mercury valeu ao ator o Óscar de melhor interpretação masculina.

O The Guardian recorda que filmes igualmente premiados pelos Óscares, como os recentes 'Call Me By Your Name' e 'Moonlight' (que recebeu o Óscar de melhor filme), não chegaram a ter lançamento comercial na China.

Esta semana foi também reportado que, na transmissão do serviço streaming Mango TV, que exibiu na China a recente cerimónia dos Óscares, houve igualmente um momento de censura. Foi precisamente no momento em que Rami Malek subiu ao palco para receber o seu Óscar. Durante o discurso, a expressão "homem gay, usada pelo ator, foi substituída pela expressão "grupo especial".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório