Meteorologia

  • 23 ABRIL 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

Lisboa é última 'paragem' de nova peça de teatro em Berlim

O drama dos migrantes é o tema principal da peça 'Die Nacht Von Lissabon', uma adaptação da obra de Erich Maria Remarque, com Lisboa como destino improvisado, que se estreia na próxima quinta-feira, em Berlim.

Lisboa é última 'paragem' de nova peça de teatro em Berlim
Notícias ao Minuto

15:33 - 04/02/19 por Lusa

Cultura Romance

O romance de Remarque, 'Uma Noite em Lisboa', publicado em 1962 e adaptado por Hakan Savas Mican, aborda a história de dois refugiados alemães nos primeiros dois meses da II Guerra Mundial. Tal como na viagem do livro, Lisboa também é a última paragem nesta peça.

O autor e encenador da obra confessa que "o tempo em Lisboa foi curto", mas que se apaixonou pela cidade que o fez sentir-se em casa.

"Lembrei-me muito de Istambul, que é, tal como Lisboa, uma porta de entrada para a Europa. Por isso senti-me em casa imediatamente. E tive um sonho. Sonhei que todas as pessoas que queriam vir para a Europa e perderam as suas vidas no Mediterrâneo, ressuscitavam e atracavam no Cais das Colunas, onde não há fronteira nem controle de passaportes", partilha Hakan Savas Mican.

Filho de emigrantes turcos que chegaram à Alemanha nos anos 60, confessa o interesse pela obra de Remarque e pela personagem principal.

"Joseph Schwarz foge da Alemanha fascista com a sua mulher, Helen, e vagueia pela Europa durante anos. O seu primeiro destino é Lisboa e depois seria a América. Eles não sabem onde é a sua casa nem o que amanhã lhes vai trazer. Um sentimento de insegurança e desenraizamento é algo que muitos migrantes compartilham. Independentemente de estarem constantemente em movimento ou permanecerem no mesmo lugar. Era isso que eu queria expor na minha adaptação", conta Savas Mican.

O autor e encenador de 'Die Nacht Von Lissabon' analisa as semelhanças históricas entre os anos 40, e a atualidade.

"Não tenho tanta certeza de que a Europa já não seja fascista. Talvez não tenhamos regimes fascistas no papel, mas as decisões que os políticos estão a tomar e os desenvolvimentos sociais dos últimos anos definitivamente têm tendências fascistas. O continente está a tentar ser uma fortaleza e as identidades nacionalistas estão a crescer a cada dia. Isso não é uma reação à crise dos refugiados", sublinha.

Hakan Savas Mican realça estar "muito preocupado com o futuro", mas esta peça também traz uma mensagem de esperança, levada a palco através da música.

"Na minha produção há uma banda de quatro elementos. Os músicos vêm da Síria, Finlândia, Alemanha e Israel. Cantamos músicas em português, grego, russo, francês e alemão", descreve.

'Die Nacht Von Lissabon' estreia-se na próxima quinta-feira (7 de fevereiro) no teatro Machim Gorki, de Berlim.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório