Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 37º
Imobiliário Arrendamento Lojas com interesse histórico isenta...

Lojas com interesse histórico isentas do Regime do Arrendamento Urbano

O período de isenção do Novo Regime do Arrendamento Urbano para lojas com interesse histórico e cultural ou social, que terminava este mês, foi prorrogado até 31 de dezembro de 2027, informou o Governo.

Lojas com interesse histórico isentas do Regime do Arrendamento Urbano
Notícias ao Minuto

12:23 - 25/06/22 por Lusa

Casa Até 2027

De acordo com um comunicado do Ministério da Economia e do Mar, "foi prorrogado, até 31 de dezembro de 2027, o período transitório, que terminaria no final do presente mês de junho, durante o qual os arrendatários de estabelecimentos com interesse histórico e cultural ou social, reconhecidos pelo respetivo município nos termos do regime jurídico aplicável a este tipo de estabelecimentos, não podem ser submetidos ao Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU), salvo acordo entre as partes".

Trata-se de uma medida enquadrada no Orçamento de Estado para 2022, que aguarda publicação, e que, segundo o Governo, foi tomada para fazer face "aos constrangimentos com que os setores do comércio e dos serviços tradicionais se têm vindo a deparar, em particular nos dois últimos anos".

"A proteção destes arrendamentos é uma medida muito relevante para a preservação das Lojas com História, que fazem parte do património cultural e imaterial do nosso país, bem como da identidade das vilas e cidades em que se localizam, funcionando como polos de atratividade da população residente e visitante", lê-se na nota enviada pelo Gabinete de António Costa Silva.

O NRAU foi aprovado na sequência da reforma do arrendamento urbano de 2006, que estabelece um regime especial de atualização das rendas antigas.

Leia Também: IHRU vai atribuir 15 habitações para arrendamento acessível e apoiado

Campo obrigatório