Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Habitação Comprar casa sem entrada? Estas três...

Comprar casa sem entrada? Estas três alternativas podem ajudar

Se está a pensar comprar casa, saiba que é necessário ter um montante disponível para dar de entrada. Mas, caso não tenha esse dinheiro, há três alternativas que podem ser uma boa opção. Ora veja.

Comprar casa sem entrada? Estas três alternativas podem ajudar

No momento de comprar casa, a maioria das famílias recorre a um empréstimo. Contudo, os bancos emprestam, no máximo, até 90% do valor do imóvel, exigindo assim que o cliente assuma o restante valor, recorde-se. Por isso, se está a pensar comprar casa, saiba que é necessário ter esse montante disponível.

No entanto, muitas famílias não têm dinheiro (de parte) para dar de entrada na aquisição de uma habitação. Se este é o seu caso, saiba que há três alternativas que podem ser uma boa opção, revela o Ekonomista.

Casas de bancos

Geralmente, as casas que pertencem à banca têm condições de venda mais vantajosas do que as habitações disponíveis no mercado 'tradicional'. Isto porque os bancos necessitam de liquidez (dinheiro vivo) e não de imóveis ‘empatados’ no seu património, explica a plataforma.

Por este motivo, os anúncios deste tipo de habitação revelam que é possível comprar casa sem entrada. Saliente-se que, muitas vezes, os bancos também oferecem os custos de avaliação, escritura e outras burocracias.

Intermediários de créditos

Sabia que há várias agências e instituições de crédito que 'vestem' o papel de intermediário entre os bancos e as empresas ou particulares que vendem os imóveis? Sublinhe-se que estas ditas empresas preocupam-se em negociar as melhores condições de crédito para o cliente, entre as quais está a percentagem de valor financiado.

Avaliações positivas

Imagine que está a comprar uma casa que vale mais do que vai pagar por ela. Se conseguir uma avaliação superior ao valor que precisa, poderá conseguir um financiamento a 100%. Isto acontece porque várias instituições bancárias emprestam o dinheiro, não tendo em conta o valor de compra, mas sim a percentagem do valor da avaliação, explica a plataforma.

Leia Também: Vai comprar casa nova? Não cometa este erro, revelam agentes imobiliários

Campo obrigatório