Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Imobiliário Habitação Quanto dinheiro preciso para comprar...

Quanto dinheiro preciso para comprar casa? Faça as contas

Se vai comprar casa com recurso a crédito habitação, saiba que os bancos emprestam, no máximo, até 90% do valor do imóvel. Por isso, prepare a sua carteira para comissões e impostos.

Quanto dinheiro preciso para comprar casa? Faça as contas

No momento de comprar casa, a verdade é que a maioria das famílias recorre a um empréstimo. Contudo, saiba que os bancos emprestam, no máximo, até 90% do valor do imóvel, exigindo assim que o cliente assuma o restante valor, alerta o Doutor Finanças.

Geralmente, os 10% que o banco não financia são pagos como sinal, de forma a garantir a reserva daquele imóvel, aquando da assinatura do Contrato de Promessa Compra e Venda (CPCV), explica a plataforma especialista em finanças pessoais.  

Por isso, se está a pensar comprar casa, é necessário ter esse montante disponível. Se for uma casa de 100 mil euros, terá de ter, pelo menos, 10 mil euros para esse efeito. Mas, os encargos iniciais ficam por aqui.  Ora veja.

Avaliação do imóvel

Atualmente, este custo ronda valores entre 200 e 300 euros, segundo pesquisa feita pelos preçários dos vários bancos a operar em Portugal, realizada pelo Doutor Finanças.

Note que é com base numa avaliação que os bancos ou instituições financeiras decidem até que montante podem emprestar. E quanto menor for a avaliação, menor será o valor potencial do empréstimo.  

Impostos no processo de compra de casa 

Outros encargos a pagar no momento da escritura são o Imposto Municipal sobre Transações Onerosas de Imóveis (IMT) e o Imposto de Selo sobre a compra. Caso recorra a financiamento, terá ainda de pagar o Imposto de Selo sobre o crédito habitação.  

No caso do IMT, a percentagem varia entre 0% e 8% e depende do valor da transação (o mais alto entre o valor patrimonial e o valor de venda), da localização da casa (Continente ou Regiões Autónomas), do tipo de imóvel (urbano ou rústico) e da sua finalidade (primeira ou segunda habitação). Ao contrário do que acontece com o IMT, o Imposto de Selo é fixo, 0,8% do valor do negócio. 

Ou seja, para um imóvel em Portugal Continental cujo valor seja de 100 mil euros, o valor do imposto é de 2 mil euros, ao qual acresce o imposto de selo no valor de 800 euros. No total, quem comprar uma casa de 100 mil euros terá de pagar 2.800 euros nestes impostos, de acordo com as contas da plataforma.

Se para comprar casa precisou de financiamento, terá ainda de pagar 0,6% sobre o valor do empréstimo. Ora se comprou uma casa de 100 mil euros, no máximo o banco financia 90 mil euros. Neste caso teria de pagar 540 euros de Imposto de Selo sobre o crédito habitação.   

Custos da escritura 

No momento de assinar a escritura da sua nova casa, tem ainda de pagar as despesas notariais e de registo, dá conta o Doutor Finanças.

Pode optar pelo Balcão Casa Pronta, onde os valores podem ir dos 375 euros, caso não tenha precisado de financiamento, aos 700 euros, se tiver recorrido ao crédito habitação para fazer a compra.  

Também pode recorrer a um notário ou conservatória de registo predial, sendo que os custos podem variar consoante o valor da transação. Ainda assim, de acordo com o Portal da Justiça, pode contar com o valor da certidão (cerca de 20 euros), o valor do registo da escritura (225 euros) e ainda o IVA. 

Outra alternativa é recorrer a um advogado ou solicitador, sendo que geralmente é o banco a indicar o seu próprio advogado e precisa de pelo menos dois registos (500 euros).  

Leia Também: Crédito à habitação. Já ouviu falar do Mapa de CRC?

Campo obrigatório