Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Imobiliário Habitação A casa mais isolada do mundo fica na...

A casa mais isolada do mundo fica na Islândia e tem cerca de 91 anos

O imóvel está localizado numa ilha de 0,4 quilómetros quadrados, conhecida como Elliðaey, que faz parte de um consórcio de 18 ilhas que compõem o arquipélago de Vestmannaeyjar, na Islândia. Embora não tenha eletricidade nem água canalizada, serve atualmente como uma cabana de caça.

Eis a casa mais isolada do mundo -

O imóvel encontra-se em 'bom' estado e tem um sistema que recolhe a água da chuva para ser reutilizada na 'alimentação' de uma sauna que a habitação disponibiliza.

Numa ilha ao largo da costa sul da Islândia, está a casa mais isolada do mundo. A habitação foi construída em 1930 e está localizada nesta ilha de 0,4 quilómetros quadrados, conhecida como Elliðaey, que faz parte de um consórcio de 18 ilhas que compõem o arquipélago de Vestmannaeyjar. De realçar que três das ilhas são atualmente povoadas, mas no caso de Elliðaey, a única vida que acolhe é um tipo de pássaro nórdico chamado 'puffin', escreve o El Periodico.

Segundo o jornal espanhol, a casa, construída por cinco famílias que viviam na ilha, serve atualmente como uma cabana de caça, embora não tenha eletricidade nem água canalizada. Apesar de já ter cerca de 91 anos, o imóvel encontra-se em 'bom' estado e tem um sistema que recolhe a água da chuva para ser reutilizada na 'alimentação' de uma sauna que a habitação disponibiliza.

Mas, quem vive na casa?

São vários os rumores que, ao longo dos anos, têm acompanhado esta casa. Desde ser assombrada, a ser habitada por um eremita religioso ou por um bilionário que está à espera de um ataque apocalíptico, o rumor mais conhecido é que quem lá vive é a cantora islandesa Björk. No entanto, não passam de especulações, reforça o jornal espanhol.

Na verdade, esta casa só é habitada por caçadores locais que pertencem à Associação de Caça Elliðaey. Os membros desta associação organizam excursões para caçar a ave 'puffin', que apesar de estar em perigo de extinção, o governo islandês permite a sua captura.

Paralelamente, algumas empresas de turismo oferecem viagens de um dia, para os turistas que querem viver uma experiência de isolamento e aventura, enquanto desfrutam das vistas oferecidas pela natureza islandesa, conclui o El Periodico.

Leia Também: Onde fica a casa mais antiga de Lisboa?

Campo obrigatório