Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Imobiliário Habitação Espanha. Setor residencial deve fech...

Espanha. Setor residencial deve fechar o ano com 640 mil casas vendidas

A empresa de gestão de investimentos Colliers estima que as transações de habitação podem chegar às 640 mil, até ao final do ano. Se a previsão for cumprida, os registos serão os mais altos desde 2008.

Espanha. Setor residencial deve fechar o ano com 640 mil casas vendidas

Em Espanha, a procura registada na primeira metade do ano já ultrapassa os níveis pré-pandemia e o número de transações de habitação podem chegar às 640 mil, até ao final do ano, sendo este o registo mais alto desde 2008, de acordo com o relatório 'The Residential Sector in Spain 2021', realizado pela empresa de gestão de investimentos Colliers.

No que concerne aos preços das casas, estes voltaram a subir durante este ano, especialmente, no 2.º trimestre. No entanto, no final de junho, Barcelona registou uma queda de 4,2% em relação ao aumento dos preços em Madrid. Uma queda provocada pelos regulamentos da Câmara Municipal, em termos de habitação, culpabiliza a empresa.

De acordo com os dados da empresa de gestão de investimentos, a que o Ejeprime teve acesso, para a segunda metade do ano, a consultora prevê uma continuidade dos atuais níveis de procura que poderão fechar este ano com 640 mil operações de habitação, das quais 75 mil unidades provenientes do novo mercado de construção e 565 mil unidades do mercado em segunda mão.

Leia Também: Vendas de vestuário em Portugal e Espanha sobem 26% face a 2020

Campo obrigatório