Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2022
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 16º
Imobiliário Construção Vai nascer um armazém logístico de 1...

Vai nascer um armazém logístico de 115 mil m2 na Azambuja

A Green Logistics da Aquila Capital está a construir um armazém logístico de 115 mil m2 na Azambuja. O Azambuja Green Logistics Park, promovido pela empresa alemã Aquila Capital, é o seu primeiro investimento logístico em Portugal. A sua conclusão está prevista para o final de 2022. 

Vai nascer um armazém logístico de 115 mil m2 na Azambuja

A Green Logistics da Aquila Capital está a construir um armazém logístico de 115 mil m2 na Azambuja, pode-se ler em nota enviada ao Notícias ao Minuto. O Azambuja Green Logistics Park, promovido pela empresa alemã Aquila Capital, sob a sua marca Green Logistics, é o seu primeiro investimento logístico em Portugal. A sua conclusão está prevista para o final de 2022. 

"Com este projeto de logística verde, estamos a seguir a nossa estratégia de investimento para o mercado português", sustenta Rolf Zarnekow, responsável pela gestão de investimento em imobiliário na Aquila Capital. 

De acordo com o mesmo documento, esta plataforma será sustentável, esperando-se que obtenha o certificado BREEAM de 'Muito Bom', terá painéis fotovoltaicos instalados no telhado, e durante o processo de construção, realizado pela GSE, serão seguidos os protocolos necessários para minimizar todas as emissões de C02.

De realçar que a Green Logistics tem um historial de oito anos no setor, tendo já investido mais de 729 milhões de euros em vários projetos europeus. Atualmente, desenvolve e gere ativos em Itália, Portugal, Alemanha e Espanha, lê-se no comunicado. 

Faz ainda sobressair o mesmo comunicado que a Azambuja é um lugar privilegiado para os utilizadores da logística da Big Box e um hub logístico incontestável, contando com a presença dos principais intervenientes no setor da distribuição. Isto porque "Portugal, especialmente o distrito de Lisboa devido às suas excelentes infraestruturas, é um mercado muito atrativo para o desenvolvimento de novas e modernas plataformas logísticas XXL e, consequentemente, para investidores que procuram estes ativos dentro da União Europeia", sustenta Ramon Lázaro, Diretor Comercial da GSE Espanha e Portugal. 

Leia Também: Espanha. Saint Croix vende o seu único armazém logístico por 21 milhões

Campo obrigatório