Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º
Imobiliário Habitação Quer comprar a casa dos seus pais? E...

Quer comprar a casa dos seus pais? Eis o que deve ter em consideração

Se estiver a seguir esta rota de compra de habitação, fique a par de algumas dicas e conselhos.

Quer comprar a casa dos seus pais? Eis o que deve ter em consideração

Talvez nunca tenha saído da casa dos seus pais e, por isso, tem uma ligação sentimental com a habitação ou talvez queira ajudar os seus pais financeiramente, seja qual for a razão, a verdade é que comprar a casa dos seus pais poderá ser uma missão complicada. Por isso, existe algumas coisas que deverá ter em consideração, afirma o Apartment Therapy. Nesse sentido, a plataforma especialista em soluções para a casa reuniu algumas dicas e conselhos para quem estiver a seguir esta rota de compra de casa, juntos de agentes imobiliários. Ora veja.

Faça uma inspeção

Se os seus pais viveram naquela casa há muito tempo, o mais provável é haver alguma manutenção por fazer, ou existirem problemas que nem sequer sabia. Por isso, deverá fazer uma inspeção, para que tome conhecimento "no que se está a meter", salienta Aletha Champine, consultora imobiliária em Milwaukee, Wisconsin.

"Neste caso, todas as partes podem ter normalizado as peculiaridades da casa, e é melhor que o investimento e as memórias sejam protegidas por ter um conjunto imparcial a olhar para as entranhas da casa, mesmo que o comprador esteja a comprar a casa por um valor significativamente inferior ao valor de mercado", sustenta a consultora. "Pode não ser necessário negociar reparações nesta situação, mas pelo menos a compra está a ser feita com toda a informação em aberto."

Seja firme na data de encerramento e processo de mudança

Há uma boa hipótese de os seus pais terem muitas coisas que acumularam ao longo dos anos. Deste modo, o melhor a fazer será elaborar um calendário com datas e prazos, incluindo uma data de encerramento, para que os seus pais não se sintam tentados a suprimir o seu tempo de mudança, escreve a plataforma.

"Trabalhe com os seus pais para tirar tudo de casa em tempo útil", revela Champine. E "trabalhe (ainda) em conjunto para resolver o que fica e o que precisa de ir. Não quer que a sua nova casa se torne no novo armazém dos teus pais."

Atenção às emoções e sentimentos

A verdade é que neste negócio poderá haver alguma emoção envolvida. Por isso, o melhor é manter os seus sentimentos em ordem, sublinha a plataforma. "Não deixe que as emoções esbatam o seu julgamento", diz Suzanne Seini, agente imobiliária no sul da Califórnia. "A maioria pode estar a comprar a casa por razões sentimentais, mas os prós e os contras de investimento ainda precisam de ser pesados. Quer ter certeza de que o acordo é justo para todas as partes envolvidas."

Tenha cuidado com as suas relações

Antes de considerar comprar a casa dos seus pais, tenha em consideração se a sua relação é forte o suficiente para suportar quaisquer potenciais desentendimentos que surjam durante o processo. Da mesma forma, se tiver irmãos, também terá de avaliar as suas relações com eles.

"Lembrem-se que há um ditado que diz que 'o dinheiro é a raiz de todo o mal'", declara Dino DiNenna, agente imobiliário na Carolina do Sul, ao Apartment Therapy. "É sempre melhor ter uma família do que ter uma casa sem família", finaliza.

Leia Também: Vai contratar um crédito à habitação? BdP recomenda "atenção e cuidado"

Campo obrigatório