Meteorologia

  • 02 OUTUBRO 2022
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 31º
Imobiliário Escritórios Imobiliária WORX assessora Norfin na...

Imobiliária WORX assessora Norfin na venda de escritório em Lisboa

O ativo transacionado consiste num escritório com cerca de 2.400 m2, com 60 lugares de estacionamento, sendo parte integrante do empreendimento localizado próximo da Universidade Católica e da Praça de Espanha.

Imobiliária WORX assessora Norfin na venda de escritório em Lisboa - O ativo transacionado consiste num escritório com cerca de 2.400 m2, com 60 lugares de estacionamento, sendo parte integrante do empreendimento localizado próximo da Universidade Católica e da Praça de Espanha.

A consultora imobiliária WORX assessorou a Norfin na venda de um escritório no Complexo Greenpark, em Lisboa, a um Fundo internacional, numa operação de valor superior a 6 milhões de euros, para a qual estava também instruída a consultora imobiliária CBRE em regime de parceria.

Segundo nota a que o Notícias ao Minuto teve acesso, o ativo transacionado consiste num escritório com cerca de 2.400 m2, com 60 lugares de estacionamento, sendo parte integrante do empreendimento localizado próximo da Universidade Católica e da Praça de Espanha.

De acordo com a mesma nota, esta transação permitiu à Norfin encerrar o plano para este ativo, que seguido da ocupação do mesmo por um reputado inquilino, resulta na confirmação do sucesso da sua operação de value-add, lê-se no documento.

“Este ativo foi alvo de uma reabilitação profunda que resultou da colaboração de várias equipas técnicas e comerciais envolvidas, tendo permitido revitalizar um ativo único de escritórios em Lisboa. Para além disso, a ocupação do ativo trará uma dinâmica de comércio e restauração bastante interessante para as zonas envolventes", revela Daniel Lopes, Fund Manager da Norfin.

Por seu lado Miguel Ribeiro, Capital Markets da WORX, considera que "este é um negócio que muito nos satisfaz, já que nos permitiu trabalhar o ativo com diversas áreas da nossa empresa (Agency, Arquitetura e Capital Markets). Uma palavra também para o comprador, que com esta aquisição mantém a sua estratégia de aquisição de ativos 'core' e 'core plus' no nosso país”.

Leia Também: Porto. Empresas ocuparam 33.766 m2 de escritórios até setembro

Campo obrigatório