Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Lar Eficiência energética Fundo Ambiental já pagou 8,4 milhões...

Fundo Ambiental já pagou 8,4 milhões para tornar casas mais sustentáveis

Este valor corresponde a 5.163 candidaturas. Em análise, estão ainda 18.603 candidaturas, para uma dotação remanescente de 20 milhões de euros.

Fundo Ambiental já pagou 8,4 milhões para tornar casas mais sustentáveis

O Fundo Ambiental já pagou cerca de 8.393 milhões de euros em apoios no Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis 2021. Este valor corresponde a 5.163 candidaturas, apurou o Casa ao Minuto, junto do Ministério do Ambiente e do e da Ação Ambiental. Em análise, estão ainda 18.603 candidaturas, para uma dotação remanescente de 20 milhões de euros. Em sentido contrário, já foram canceladas cerca de 2663 candidaturas.

De acordo com o Ministério do Ambiente, já foram submetidas 34.355 candidaturas, das quais 6.141 foram consideradas elegíveis, o que corresponde a um valor total de mais de 10 milhões, isto é, mais de um terço do valor total de 30 milhões para tornar as casas mais eficientes.

Recorde-se que este programa tem uma dotação disponível de 30 milhões de euros proveniente do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para subsidiar medidas que promovam a reabilitação, a descarbonização, a eficiência energética, a eficiência hídrica e a economia circular, contribuindo para a melhoria do desempenho energético e ambiental dos edifícios. 

No que concerne ao 'Vale Eficiência' para famílias pobres, já foram distribuídos mais de 621 vales, com 6.891 candidaturas. Note que este programa que pretende entregar 100 mil 'vales eficiência' a famílias economicamente vulneráveis até 2025, no valor de 1.300 euros cada, para que possam investir na melhoria do conforto térmico da sua habitação.

Por referência aos fornecedores que estão acreditados para receber estes vouchers, são 116, de acordo com o Fundo Ambiental. Estão ainda para aprovação 89, sendo que 51 já foram rejeitadas.

Leia Também: Universidade do Minho quer tornar as habitações sociais mais sustentáveis

Campo obrigatório