Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º
Imobiliário Habitação Avaliação bancária sobe 3,2% na Made...

Avaliação bancária sobe 3,2% na Madeira. Está nos 1.244 euros por m2

Em agosto, o valor mediano de avaliação bancária de habitação na RAM fixou-se em 1.244 euros por m2. Este valor traduz um aumento de 3,2% em relação ao mês precedente e de 11,5% face ao mesmo mês do ano anterior.

Avaliação bancária sobe 3,2% na Madeira. Está nos 1.244 euros por m2
Notícias ao Minuto

14:28 - 29/09/21 por Notícias ao Minuto Enviar email

Casa Madeira

O valor mediano de avaliação bancária de habitação na Região Autónoma da Madeira (RAM) subiu tanto face ao mês anterior, como em termos homólogos. Em agosto de 2021, o preço de avaliação bancária de habitação na RAM fixou-se em média nos 1.244 euros por m2. Este valor traduz um acréscimo de 3,2% em relação ao mês precedente e de 11,5% face ao mesmo mês do ano anterior, revela a Direção Regional de Estatística (DREM), citando os dados divulgados pelo INE.

De acordo com a DREM, a RAM foi a que mais cresceu quer em cadeia, quer em termos homólogos, em comparação às outras regiões NUTS II do País. Note-se ainda que com este aumento foi atingido novo máximo neste indicador.

Nos apartamentos, o valor mediano de avaliação bancária na RAM foi de 1.287 euros por m2, traduzindo uma variação positiva de 4,2% comparativamente a julho de 2021 e de 13,1% relativamente a agosto de 2020.

Por seu turno, nas moradias, este indicador situou-se nos 1.128 euros por m2, inferior em 2,1% ao valor observado no mês anterior e superior em 4,3% ao valor do mês homólogo.

Já a nível municipal, o valor mediano de avaliação bancária no Funchal, em agosto de 2021, fixou-se nos 1.513 euros por m2, superior ao mês precedente em 3,5%, tendo crescido 18,9% em termos homólogos.

Só ultrapassaram o número mínimo de observações registadas (33) os municípios de Santa Cruz e de Câmara de Lobos, cujos valores de avaliação bancária se fixaram em 1.127 euros por m2 e 1.133 euros por m2, respetivamente.

Segundo o DREM, o município da zona leste da ilha da Madeira registou um acréscimo mensal de 2,9% e homólogo de 7,2%. Já a Câmara de Lobos observou um aumento de 5,9% face ao mês anterior. 

Leia Também: Avaliação bancária manteve-se em 1.221 euros por metro quadrado em agosto

Campo obrigatório