Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

Imobiliário Habitação Bairro de habitação acessível na Ale...

Bairro de habitação acessível na Alemanha já começou a ser construído

O projeto Traumhaus Funari do MVRDV iniciou a sua primeira fase de construção. Trata-se de 27 mil metros quadrados para a remodelação dos antigos quartéis do Exército Americano, com um total de 124 residências unifamiliares e 26 apartamentos, que permite aos residentes fazer as suas próprias escolhas ecológicas.

Projeto Traumhaus Funari na Alemanha -

Trata-se de 27 mil metros quadrados para a remodelação dos antigos quartéis do Exército Americano, com um total de 124 residências unifamiliares e 26 apartamentos, que permite aos residentes fazer as suas próprias escolhas ecológicas.

O atelier alemão MVRDV já começou a construir o projeto Traumhaus Funari, um bairro de habitação acessível na Alemanha. De acordo com o Archdaily, que adianta com a informação, o MVRDV juntou-se à Traumhaus, uma empresa produtora de casas de baixo custo e alta qualidade, para desenvolver um projeto de 27 mil metros quadrados para a remodelação dos antigos quartéis do Exército Americano. Na primeira fase, serão adicionadas um total de 124 residências unifamiliares e 26 apartamentos ao distrito de Franklin.

Trata-se de um o projeto visa combinar acessibilidade, individualidade e diversidade, permitindo que os residentes façam suas próprias escolhas ecológicas e espaciais em relação às suas casas, lê-se no artigo. 

Segundo a plataforma, este empreendimento consiste num catálogo de tipologias residenciais com uma variedade de materiais, tamanhos, acabamentos, layouts internos e conexões com o exterior. As casas estão rodeadas de verde e uma rede de caminhos pedestres que percorrem o bairro. Os diferentes tipos de habitação oferecem diferentes estilos de jardim, de hortas a espaços de recreação para crianças.

De acordo com o Archdaily, algumas casas abrem o andar térreo para que os residentes possam desfrutar de um espaço privativo ao ar livre, outras são térreas e são adequadas para residentes com deficiência física ou idosos. Os dois blocos de apartamentos maiores oferecem casas adequadas para os estudantes.

O projeto Funari é um dos cinco novos distritos do projeto de reconstrução da região de Franklin, na Alemanha. Para promover a inclusão e atingir uma ampla gama de orçamentos e possibilidades demográficas, o projeto mistura os conceitos de Traumhaus. Note que este projeto inclui habitação, jardins e espaços públicos, numa variada gama de tipologias, que visam atrair diferentes tipos de famílias, informa a plataforma. 

Por meio desse projeto, o MVRDV espera transformar a experiência suburbana típica em uma comunidade mais diversa, onde a individualidade e a qualidade de vida são proeminentes. "Com a Traumhaus Funari queremos dar o próximo passo, criando um modelo que mantenha essa acessibilidade enquanto desafia as expectativas de estilo de vida, e a variedade de formas de habitar em um subúrbio ou vila", refere Winy Maas, sócia fundadora MVRDV.

"Na Funari estamos a criar algo mais sustentável e mais social, um modelo que pode ser replicado em toda a Alemanha, buscando o benefício de todos", sustenta Maas.

Leia Também: Startup portuguesa liga casas a clientes e vence prémio na Alemanha

Campo obrigatório