Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Imobiliário Habitação Crédito à habitação: Onde é que os b...

Crédito à habitação: Onde é que os bancos realizaram mais avaliações?

Ao nível do concelho, a banca realizou mais avaliações em Sintra. Em maio, e acumulado aos três meses anteriores, foram feitas 1.685 avaliações bancárias neste concelho, acima das 1.581 realizadas em Lisboa.

Crédito à habitação: Onde é que os bancos realizaram mais avaliações?

O número de avaliações bancárias para efeitos de concessão de crédito para comprar casa quase duplicou no último ano em Portugal. A partir dos dados do INE, o consultor em finanças imobiliárias, Gonçalo Rodrigues, concluiu que ao nível do concelho, foi em Sintra onde a banca realizou mais avaliações.

Segundo o consultor, durante o mês de maio, e acumulado aos três meses anteriores, foram feitas 1.685 avaliações bancárias em Sintra, acima das 1.581 realizadas em Lisboa. Já o Porto ficou atrás com apenas 650 avaliações, com Vila Nova de Gaia a ultrapassar a cidade Invicta, em avaliações bancárias.

Já por referência às regiões, a Área Metropolitana de Lisboa concentrou mais de um terço das avaliações feitas no país e mais do dobro das observadas na Área Metropolitana do Porto, informa Gonçalo Rodrigues, na plataforma Out of the Box.

Por seu turno, a Região Centro registou mais de 5.000 avaliações realizadas entre março e maio,  um valor muito próximo da AM do Porto, mostram os mesmos dados do instituto de estatística.

De acordo com o consultor em finanças imobiliária, alguns municípios destacam-se nos meses mais recentes por um crescimento no número de avaliações, o que pode indiciar um aumento da procura pela compra de casas nestas zonas.

Entre março e maio de 2021, muitos dos municípios da Área Metropolitana do Porto registaram variações mensais de dois dígitos no número de avaliações realizadas, com Oliveira de Azeméis, Paredes, São João da Madeira e Gondomar a servir de exemplo, divulgam os dados do INE.

Por seu lado, a Região Centro também tem mostrado bastante atividade, sendo que Alcobaça, Alenquer, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré são também alguns exemplos de crescimentos mensais a dois dígitos, refere Gonçalo Rodrigues.

Entre janeiro e maio, os municípios de Portugal com a maior variação acumulada foram Tavira, Faro, Portalegre, Salvaterra de Magos, Guarda, Abrantes, Castelo Branco, Anadia, Paços de Ferreira, Paredes, São João da Madeira e Vizela. Todos registam um crescimento acumulado superior a 40%, sustenta o consultor.

Recorde-se que em Portugal, no mês de maio de 2021, tinham sido realizadas 30.687 avaliações de imóveis nos três meses anteriores (inclusive), valor que contrasta com as 16.456 registadas no mês de junho de 2020, segundo o INE. Ainda assim, para Gonçalo Rodrigues, desde o início do 2.º semestre do ano passado, a banca portuguesa tem acelerado na concessão de crédito habitação e, em consequência, nas avaliações que realiza para o efeito.

Leia Também: Licenças habitacionais emitidas pelas autarquias sobem 20,6%

Campo obrigatório