Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

Mercado Agentes Espanhóis da Tiko rumam a Portugal e...

Espanhóis da Tiko rumam a Portugal e procuram agentes imobiliários

A proptech de Madrid, especialista na venda de casas, expandiu-se no ano passado nas cidades de Barcelona, Sevilha, Málaga, Valência e Bilbau e aposta em Lisboa para o próximo ano.

Espanhóis da Tiko rumam a Portugal e procuram agentes imobiliários

Tiko, proptech de Madrid liderada por Ana Villanueva, , especialista na venda de casa, tem mantido a sua atividade durante a pandemia, depois de se expandir para Barcelona, Sevilha, Málaga, Valência e Bilbau. De acordo com o jornal Ejeprime, que adianta com a notícia, agora iniciou a sua expansão internacional com o mercado imobiliário de Lisboa.

"Vamos certamente terminar o ano com mais algumas cidades em Espanha", começa por revelar a responsável. Em declarações ao jornal espanhol especialista no setor imobiliária, Ana dá conhecimento de que "um deles será Saragoça, mas para o segundo há vários candidatos." Para o próximo ano, a proptech planeia reforçar a sua expansão internacional e olha para outros países da Europa, especialmente no sul do continente.

Segundo o jornal, o modelo de negócio da Tiko baseia-se na venda de imóveis a particulares num máximo de sete dias, depois de ter oferecido um orçamento aos proprietários em 24 horas. O valor final é calculado através de big data antes de realizar uma inspeção técnica e legal do piso.

A empresa, que não divulga os seus dados de faturação, salienta que registou um pico de procura durante os meses de março e abril do ano passado, coincidindo com o confinamento do primeiro estado de alarme decretado em Espanha. "Duplicamos o volume de negócios e aumentámos a equipa para 50 pessoas", revela Villanueva ao Ejeprime.

De acordo com o jornal espanhol, durante este ano, a empresa espera manter o seu volume de negócios. "O foco para este ano é continuar a promover a área tecnológica, a criação de novas áreas de negócio e a obtenção de acordos com empresas imobiliárias", explica.

A empresa tem ainda um acordo estratégico com várias empresas imobiliárias que incorporam os seus ativos na plataforma. "Fechámos o maior acordo com o imobiliário Century 21", acrescenta Villanueva. Quanto ao investimento em tecnologia, a proptech diz que está a desenvolver processos de automação que trazem velocidade aos procedimentos, lê-se no artigo.

Para dar início ao seu crescimento, a empresa mudou a sua sede em junho passado, duplicando a sua capacidade para 50 pessoas. O novo escritório da empresa, projetado sem escritórios, está estruturado num grande espaço aberto, com áreas multifuncionais, salas de reuniões e lazer e uma área de refeições, faz ainda notar o Ejeprime.

Leia Também: CASAFARI liga-se ao HCPro para dar melhor acesso aos preços dos imóveis

Campo obrigatório