Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º
Imobiliário Lojas Centros comerciais: Vai poder levar ...

Centros comerciais: Vai poder levar para casa as sobras das refeições

'O jantar de hoje pode ser o almoço de amanhã' é a mensagem chave da iniciativa dos centros comerciais da Klépierre Portugal. O Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente querem ajudar os clientes a não desperdiçarem as sobras das suas refeições e lançam uma iniciativa de combate ao desperdício alimentar.

'O jantar de hoje pode ser o almoço de amanhã' -

Os centros comerciais da Klépierre Portugal querem ajudar os clientes a não desperdiçarem as sobras das suas refeições e lançam uma iniciativa de combate ao desperdício alimentar.

A partir do mês de julho, vai poder levar para casa as sobras das suas refeições nos food courts do Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente. De acordo com o comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, os centros comerciais, geridos pela Klépierre Portugal, juntam-se ao movimento desperdício zero e vão disponibilizar gratuitamente caixas de take-away nos seus espaços de restauração.

Segundo a mesma nota, estima-se que os portugueses desperdiçam cerca de 1 milhão de toneladas de comida por ano. Mas se este número for revertido em refeições úteis, poderá ter-se o suficiente para alimentar cerca de 360 mil pessoas com carências alimentares, lê-se no documento.

'O jantar de hoje pode ser o almoço de amanhã' é a mensagem chave da iniciativa dos centros comerciais que pretende apelar a uma mudança de comportamento por parte dos clientes, sensibilizando e incentivando-os a reaproveitarem os restos das refeições, pode-se ler no comunicado.

De acordo com o comunicado, esta nova medida nasce pelo compromisso do Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente com a sustentabilidade e proteção do ecossistema, enquadrado no eixo de responsabilidade social e ambiental Act4Planet. Saliente-se que a Klépierre já apresentou a plataforma Too Good To Go a todos os lojistas da área da restauração, para que também se juntassem a este movimento.

Faz ainda notar a mesma notar que as caixas de take-away que serão utilizadas para as sobras serem levadas para casa, são feitas de cartão ondulado nano-micro e vão estar disponíveis nas zonas de restauração para serem utilizadas de forma consciente.

Leia Também: Klépierre Portugal arrendou 20.000 m2 nos seus três centros comerciais

Campo obrigatório