Meteorologia

  • 22 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Lar Conselhos Saiba como aproveitar a sua varanda,...

Saiba como aproveitar a sua varanda, por mais pequena que seja

Ter uma varanda ou um terraço sempre foi considerado um luxo habitacional. Mais agora, dado os tempos em que vivemos com a atual pandemia. Ainda assim, nem sempre sabemos como dar valor a este espaço exterior. Saiba como desfrutá-lo com estas dicas.

Saiba como aproveitar a sua varanda, por mais pequena que seja

Mesmo que pequena, a varanda é o local perfeito para refrescar quando o calor aperta e foi também onde muitos cidadãos procuraram o contacto com o exterior durante os períodos de confinamento motivados pela pandemia da Covid-19, recorda o idealista. Nesse sentido, ter uma varanda ou um terraço é, hoje, um luxo dado os tempos em que vivemos. Mas nem sempre sabemos como aproveitar ao máximo este espaço exterior. Eis como fazê-lo.

A varanda não é uma arrecadação

Se quer tirar o máximo partido da sua varanda a última coisa que deve fazer é utilizá-la como arrecadação. Portanto, o primeiro passo será retirar estes objetos e limpar o espaço.

Um espaço exterior para refeições

Quer jantar na varanda nas noites frescas de verão? Dois m2 são mais do que suficientes, refere o idealista.

Com uma mesa lateral de um metro e duas cadeiras, terá um pequeno espaço para usar nas mais refeições. Note que as mesas metálicas geralmente ocupam menos espaço. Se a sua varanda for estreita e não muito comprida, é possível colocar um banco junto ao corrimão, ou dois em forma de L, com um metro de largura e assim deixar espaço livre para se movimentar. 

O idealista faz ainda notar que há bancos que têm espaço de armazenamento, oferecendo duas soluções numa única peça de mobiliário. Por outro lado, é melhor usar os bancos em vez das mesas, pois servirão de mesas quando necessário.

Mobiliário

Ao falar de espaços exteriores pequenos, escolhe-se mobiliário funcional e versátil. Como por exemplo, um assento com espaço para armazenar objetos no interior é uma boa opção. O mobiliário com um formato quadrado tende a adaptar-se melhor ao espaço, sustenta o idealista.

Por outro lado, é importante também que tenha em conta a resistência dos materiais ao exterior. O mobiliário de resina sintética é o mais resistente à água e ao sol e não necessita de manutenção. Mas, se prefere a madeira, as melhores são as tropicais tratadas (teca, acácia asiática, entre outras).

Grades invisíveis

O efeito ótico dá-lhe a sensação de que o espaço é maior. Isto pode ser conseguido, por exemplo, com grades de vidro, que dão uma maior sensação de espaço. Portas e janelas com vista para a sala de estar ou de jantar também aumentam visualmente o espaço.

Tecidos para o exterior

Os têxteis devem, à semelhança do mobiliário, note-se, ser resistentes ao clima do exterior. Garanta que os que escolhe não são facilmente danificados pela exposição ao sol ou à chuva por longos períodos. Assim, o idealista aconselha os tecidos acrílicos.

Aproveite as paredes

As paredes podem ser ótimos espaços para colocar prateleiras. Desta forma aumenta o espaço disponível para armazenar objetos ou para decorar com plantas, por exemplo. As prateleiras de metal com pouca largura podem ser uma boa solução.

Decoração exterior

Para que possa desfrutar deste canto exterior, decorar as grades com luzes e grinaldas pode dar-lhe um novo encanto. E as plantas também não podem faltar, finaliza o idealista.

Leia Também: Elegância a baixo preço: Objetos para ter em casa sem gastar uma fortuna

Campo obrigatório