Meteorologia

  • 26 JUNHO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º
Imobiliário Construção Quer obter um selo que avalia a sust...

Quer obter um selo que avalia a sustentabilidade do seu edifício?

Eis que surge mais uma iniciativa do Portal da Construção Sustentável que visa contribuir para a descarbonização dos edifícios. Se o seu edifício e/ou empreendimento utilizou ou utiliza os ecoprodutos do PCS, ser-lhe-á atribuído um selo.

Quer obter um selo que avalia a sustentabilidade do seu edifício?

O Portal da Construção Sustentável (PCS) acaba de lançar mais uma iniciativa. Desta vez, visa contribuir para a descarbonização dos edifícios. Nesse sentido, o PCS propõe-se em atribuir um selo a todos os edifícios e/ou empreendimentos, que utilizem os seus ecoprodutos: O SV +50, mais de 75% de ecoprodutos, o SV+75 ou ainda a classificação máxima, o SV 100 (100% dos ecoprodutos pertencentes à PCS).

Note que para o PCS é tão importante desenhar edifícios energicamente eficientes, como é a prescrição rigorosa de materiais de construção, no sentido de descarbonizar o setor. Todos os produtos que se encontram no Portal da Construção Sustentável, são produtos que contribuem para o desenvolvimento mais sustentável do setor da construção, a que o PCS dá o nome de ecoprodutos.

Em causa está "a desinformação no setor da construção começa a ser preocupante. Há que ter em consideração de que há materiais utilizados neste setor que, embora possíveis de reciclar, não há mercado que os absorva, como são os provenientes de petróleo (plásticos, EPS ou PVC, por exemplo). Os resíduos gerados por estes materiais, ou vão parar a aterro, ou ainda mais grave, ao mar", lê-se no artigo da PCS.

Estes ecoprodutos, quer pelo seu baixo impacto ambiental no processo de fabrico, quer pelas melhorias ambientais que pode provocar durante a vida útil do edifício, como a redução do consumo de energia e/ou água, quer ainda porque são produtos que podem ser valorizados no final da sua vida útil, através da reutilização ou reciclagem (para o mesmo fim ou para serem incorporados em novos processos produtivos) dando assim cumprimento à economia circular no setor da construção.

Leia Também: Podcast Minuto Azul: Portal da Construção Sustentável lança novo projeto

Campo obrigatório