Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
13º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Habitação Imobiliário de luxo? Lisboa e Porto ...

Imobiliário de luxo? Lisboa e Porto entre as cidades com mais procura

Lisboa e Porto estão entre as 11 cidades com mais procura no setor imobiliário de luxo, segundo a nova publicação Europa Cities Guide 2021, da imobiliária Knight Frank.

Imobiliário de luxo? Lisboa e Porto entre as cidades com mais procura

As cidades de Lisboa e Porto estão entre as 11 cidades com mais procura no setor imobiliário de luxo, de acordo com os dados da nova publicação Europa Cities Guide 2021 da imobiliário Knight Frank.

Além das cidades portuguesas, Madrid, Barcelona, Genebra, Paris, Frankfurt, Berlim, Viena, Milão e Budapeste também fazem parte do leque das cidades mais atrativas a potenciais compradores de casas de luxo.

Citado em comunicado, a que o Notícias ao Minuto teve acesso, Oliver Banks, senior negotiator European Residential Cities de Knight Frank explica que se verificou uma reavaliação das necessidades imobiliárias durante e pós pandemia com ‘relocations’ mas também uma procura maior de clientes domésticos em todo o mercado europeu. Promotores e construtoras “notaram o poder do mercado doméstico” e da importância do mesmo para as suas estratégias de expansão. 

Banks acrescentou que “segundo o índice PIRI 100 (Prime Residential Index) da Knight Frank, o mercado imobiliário de luxo teve um crescimento de 1.9% em 2020 comparado com 2019”.

Prevê ainda que investidores globais continuarão a mostrar interesse em investir em cidades europeias, sobretudo em cidades inseridas em economias viradas para a inovação, que têm um setor tecnológico em crescimento e uma procura elevada de arrendamento, afirma o mesmo comunicado. 

Por seu lado, Marta Espírito Santo, diretora do departamento internacional da Quintela + Penalva | Knight Frank, reforça a ideia de que Portugal é uma certeza “os clientes internacionais conhecem cada vez melhor o nosso País e sabem exatamente o que procuram. A articulação com a Knight Frank tem sido fundamental para antecipar tendências e ajustar a nossa oferta à medida de cada cliente”. 

Lisboa oferece um valor muito melhor do que as cidades europeias restantes.

Um apartamento médio em Lisboa pode custar à volta dos 3.600 euros por m2, enquanto um imobiliário prime pode custar até € 8.400 por m2, relevam os mesmos dados.

Por seu lado, no Porto, os preços dos imóveis oferecem uma melhor relação custo-benefício do que em Lisboa, com muitos compradores a investir no norte. O rendimento médio do arrendamento no Porto foi de 5,7% no quarto trimestre de 2020, um aumento de 0,7% em relação ao mesmo período de 2019.

Lisboa e Porto: Quais são os bairros mais atrativos?

Marvila, Alcântara e Campo Pequeno são as três freguesias de Lisboa que se destacam como os bairros cada vez mais popular entre os compradores internacionais de imóveis.

Marvila está a começar a chamar a atenção dos compradores internacionais por o seu valor de investimento e pelo estilo de vida favorável dos residentes. Graças à sua localização favorável, Alcântara está perto de alguns dos principais pontos turísticos da cidade. No caso do Campo Pequeno, a Europa Cities Guide 2021 revela que "oferece tudo o que necessita para uma confortável qualidade de vida".

No Norte do país, os bairros mais atrativos são:

  • Vilanova de Gaia

Conhecida pelas suas caves onde o mundialmente famoso Vinho do Porto é envelhecido e armazenado, bem como pelo acesso a excelentes praias. 

  • Campanhã

Graças à sua proximidade com escolas públicas e privadas conceituadas, como o Colégio da Paz, o Colégio das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, a Escola Artística Soares dos Reis e a Escola Secundária Aurélia de Sousa.

  • Massarelos

Lar de muitos cafés amigos dos estudantes e de vários edifícios da Universidade do Porto, esta área é conhecida pelos seus cafés gourmet, bares de vinho e bancas de produtos agrícolas. 

Leia Também: Mercado imobiliário de luxo de Londres foi líder mundial em 2020

Campo obrigatório