Meteorologia

  • 10 MAIO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Imobiliário Construção Viver sem plástico nos edifícios. Já...

Viver sem plástico nos edifícios. Já conhece este desafio?

Projeto Plastic Free Architecture, do Portal da Construção Sustentável, pretende desafiar os arquitetos a projetarem os seus edifícios sem prescrever materiais plásticos ou que derivem do petróleo.

Viver sem plástico nos edifícios. Já conhece este desafio?

O Projecto Plastic Free Architecture é um projeto do Portal da Construção Sustentável que pretende sensibilizar os arquitetos, desafiando-os a projetarem os seus edifícios sem prescrever materiais plásticos ou que derivem do petróleo, lê-se na página oficial do Portal da Construção Sustentável (PCS).

Em causa, está o alerta para a necessidade de banir os plásticos do nosso planeta. Para o PCS, a arquitetura é uma disciplina responsável pela construção dos nossos edifícios, onde passamos 90% dos nossos dias e que utiliza cerca de 60% de recursos que derivam do petróleo, desde as embalagens dos materiais de construção até aos próprios materiais utilizados na obra, como os isolamentos, pavimentos ou caixilharias que podem ser facilmente substituídos por outro tipo de materiais.

De todos os resíduos de construção e demolição (vulgo RCD) gerados no sector, 35% são plásticos. Sobre o plástico produzido em todo o mundo, 20% destina-se ao sector da construção, 23% ao mobiliário e eletrodomésticos e quase 40% a embalagens, saliente-se.

São os arquitetos os responsáveis pela prescrição destes materiais em obra e os arquitetos de interiores pela decoração, sustenta o Portal da Construção Sustentável. Nesse sentido, aqui está o grande desafio para um habitat saudável, viver sem plástico num edifício pensado com este propósito desde a sua génese.

Convém salientar ainda que existem áreas nas quais o plástico é indispensável, especialmente em produtos desenhados para a durabilidade. Ainda assim, a PCS lembra que esta deve ser uma necessidade devidamente refletida, pesando sempre o custo ambiental, ponderando as soluções alternativas.

Leia Também: Engexpor lança serviço de tecnologia para todas as áreas do imobiliário

Campo obrigatório