Meteorologia

  • 14 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Plataforma de construção Habitissimo...

Plataforma de construção Habitissimo cresce 3,78% no mercado português

Face ao período homólogo de 2020, a plataforma registou um aumento em receita, no número de anúncios publicados, em pedidos de orçamento e nas visitas ao site.

Digitalização da Construção

No primeiro trimestre de 2021, o Habitissimo, a plataforma digital especializada no setor da Construção, registou um crescimento de 3,78% no mercado português, face ao período homólogo de 2020. Ao fecho do ano fiscal 2020/2021, comparativamente ao ano fiscal anterior, a marca reportou uma subida de perto de 26% na receita e um crescimento global de cerca de 58%, dados que demonstram a tração crescente da solução digital em Portugal, durante o primeiro ano da pandemia.

O comunicado enviado ao Notícias ao Minuto divulga que o desempenho do Habitissimo nos primeiros três meses deste ano foi positivo quanto ao número de orçamentos pedidos através da plataforma, confirmando-se a digitalização crescente do setor. Foram publicados mais de 27 mil anúncios, o correspondente a uma subida de cerca de 23% face ao primeiro trimestre do ano passado.

Entre janeiro e março de 2021, a pesquisa online do público português por soluções para projetos e obras também subiu. O número de visitas ao site do Habitissimo foi 32% superior face ao mesmo período de 2020, sendo que os acessos à plataforma ultrapassaram o milhão.

Em termos de categorias de serviços com maior procura no mesmo período:

  • Construção de Piscina (+156%);
  • Controlo de Pragas (+155%);
  • Remodelação de Piscina (+126%);
  • Construção de Garagem (+118%);
  • Construção de Área de Lazer ou Desportiva (+110%) constituíram o top-5 nacional.

Em termos geográficos, Santarém (+69%), Portalegre (+64%), Guarda (+58%), Évora (+54%) e Beja (+52%) foram os distritos do país que mais cresceram em número de orçamentos pedidos.

Em relação aos profissionais que mais investiram no Habitissimo do trimestre foram: 

  • Controlo de Pragas (+658%);
  • Remodelação de Área de Lazer ou Desportiva (+267%);
  • Remodelação de Pavilhão Industrial (+219%);
  • Decoração de Interiores (+194%);
  • Segurança Contra Incêndio (+167%).

Já numa perspetiva geográfica, os profissionais de Portalegre (+107%), Beja (+65%), Guarda (+59%), Braga (+38%) e Bragança (+28%) foram os que mais se destacaram em investimento realizado na plataforma.

Refere o mesmo comunicado que dos vários índices analisados pelo Habitissimo no último trimestre, apenas um apareceu em tendência descendente. O  registo de profissionais no site apresentou menos 49% face ao mesmo período do ano passado. Também no digital fica patente a falta de mão-de-obra especializada no setor da Construção em Portugal, existindo zonas do país onde a capacidade de resposta chega a ser comprometida pela carência de profissionais e empresas locais.

Leia Também: Como deixar a sua cozinha organizada e funcional

Campo obrigatório