Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º
Lar Eficiência energética Reino Unido: “Plano verde para melho...

Reino Unido: “Plano verde para melhorar casas foi estragado”

O plano principal para melhorar as casas do Reino Unido foi "estragado" e deve ser urgentemente revisto, dizem os deputados do comité da auditoria ambiental britânica.

Reino Unido: “Plano verde para melhorar casas foi estragado”
Notícias ao Minuto

10:14 - 22/03/21 por Ana Rita Soares 

Casa Sustentabilidade no Reino Unido

O comité constituído por deputados selecionados para a auditoria ambiental do Reino Unido revela que o programa ecológico de financiamento subvenção do governo britânico, Green Homes Grant (GHG), que oferece às pessoas até 10 mil libras para o isolamento, “é tão inepto que está realmente a prejudicar o sector da construção”, refere a BBC em artigo.

Acrescentam ainda que 19 milhões de casas no Reino Unido estão mal isoladas e apontam o dedo aos ministros de "não compreenderem" o desafio.

Ainda assim alertam para caso não sejam tomadas medidas urgentes para melhorar a eficiência energética das casas nesta década, o Reino Unido poderá não cumprir os seus objetivos climáticos. Isto porque o parque habitacional do Reino Unido representa 20% das suas emissões de carbono através do aquecimento, da água quente e da cozedura.

O comité da auditoria ambiental britânico disse que o regime "só alcançou 10% da sua meta de melhorar 600 mil casas em seis meses", sendo que “há rumores de que o Tesouro quer suprimir o regime de GEE”, mas a comissão afirma que “o sistema tem de ser reformado e não abolido”, refere a BBC.

Governo está a preparar uma Estratégia de Calor e Edifícios, e já negou anteriormente querer anular o esquema.

Um porta-voz do Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial (BEIS) afirmou que já foram emitidos mais de 33 mil vouchers de GEE no valor de mais de 142 milhões de libras, para ajudar a melhorar a eficiência energética das casas.

"Implementação estragada"

O relatório diz que "o impacto da implementação falhada do GEE teve consequências devastadoras para muitos dos construtores e instaladores que podem fazer o trabalho, que foram deixados no limbo como resultado das ordens canceladas e tempo necessário para aprovar as candidaturas."

O comité adverte ainda que o governo poderá ter subestimado os custos para descarbonizar as casas no Reino Unido até 2050, entre 35 mil milhões e 65 mil milhões de libras.

Saliente-se que estes números não incluem propriedades com paredes sólidas, ou em áreas de conservação, o que poderia tornar as instalações de eficiência energética mais desafiantes e aumentar a fatura.

Leia Também: Preços das casas estão a cair nos distritos financeiros de Londres

Campo obrigatório