Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 24º

Com receio de um furto ou roubo de carro? Eis os conselhos a seguir

Um roubo ou furto podem acontecer a qualquer um, mas há formas de reduzir esta situação. Esteja atento/a.

Com receio de um furto ou roubo de carro? Eis os conselhos a seguir
Notícias ao Minuto

14:03 - 06/03/24 por Notícias ao Minuto

Auto Carros

Nem todos os condutores têm acesso a garagem por forma a poderem resguardar o seu veículo, mas, ainda que possam ter, todos os locais estão sujeitos a ser palco para furto.

Apesar de ser algo que pode acontecer a qualquer um, existem cuidados que cada um pode ter, de forma a ver este risco mais reduzido.

No site do Automóvel Club de Portugal (ACP), são apontadas, no entanto, nove estratégias que poderão ser usadas que “possibilitam menos hipóteses de o seu veículo ser escolhido por assaltantes”.

Eis as dicas:

  • Estacione em linha - De acordo com o ACP, estacionar desta forma vai deixar ao assaltante mais exposto do que, por exemplo, estacionamento perpendicular;
  • Evite locais mal iluminados - Locais escuros e de menos passagem, como becos ou baldios, oferecem melhores condições para furtos;
  • Estacione em parques fechados e vigiados - De acordo com o ACP, deve optar sempre por parques de estacionamento com vigilância e deixar o veículo "o mais perto possível dos seguranças ou sob o ângulo de uma câmara de vigilância". O ACP salienta ainda que é importante não deixar o bilhete de estacionamento no carro, pois será mais fácil levá-lo sem levantar suspeitas;
  • Não deixe objetos no carro - Não deixar objetos, como o telemóvel ou óculos, é uma boa ideia. Caso não seja possível levar os objetos, não os deverá deixar visíveis. "O furto de objetos acarreta sempre despesas, pois o automóvel fica inevitavelmente danificado", lê-se na página.
  • Não deixe o veículo estacionado no mesmo local vários dias - Mesmo que não tenham nada no interior que 'salte à vista', os veículos estacionados no mesmo local durante um período "tendem a ser furtados ou roubados";
  • Tenha sempre a chave por perto - As chaves deverão estar sempre consigo, e nunca ser deixadas na ignição - ainda que possa sair por uma curta distânicia. "O mesmo deve acontecer em 'toques' no seu automóvel a estacionar ou no trânsito. Esta é uma técnica utilizada por assaltantes, pois o condutor tende a sair da viatura, deixando a chave no interior", alertam.
  • Evite a utilização do comando à distância - "Em zonas muito movimentadas, abra ou feche o veículo através da chave física e não com o comando, para que o código de frequência do mesmo não seja copiado - um método utilizado para carros de alta gama", explicam;
  • Circule com as portas trancadas - O ACP aponta ainda que mesmo que esteja em movimento, deverá ter a sportas trancadas, "sobretudo à noite e em zonas com semáforos. Nestes casos, convém, também, fechar as janelas".
  • Instale bloqueadores no automóvel . O ACP sublinha que estas ferramentas não são infalíveis, mas ajudam a reduzir o risco de um furto ou roubo. "O bloqueador de volante é uma solução simples, que por estar bem visível para o assaltante, pode levá-lo a desistir de roubar a viatura. Há bloqueadores mais modernos, que permitem bloquear a ignição ou a bomba de combustível sempre que o alarme dispara", explicam, acrescentando: "Caso não haja alarme, estes mecanismos também funcionam ao detetarem a colocação do carro em marcha sem a chave. O proprietário recebe um SMS, podendo dar a ordem através do seu telemóvel para bloquear o veículo".

Leia Também: Acabou-se a bateria no automóvel? Saiba como ligá-lo 

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório