Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 16º

Jorge Viegas garante continuidade de Miguel Oliveira no Mundial de MotoGP

O presidente da Federação Internacional de Motociclismo, o português Jorge Viegas, garantiu hoje, em declarações à Agência Lusa, a continuidade do piloto Miguel Oliveira no Mundial de MotoGP, com a Aprilia.

Jorge Viegas garante continuidade de Miguel Oliveira no Mundial de MotoGP
Notícias ao Minuto

17:22 - 27/11/23 por Lusa

Auto Motociclismo

"Há que separar completamente a situação do Miguel Oliveira da situação da equipa [RNF CryptoData, cujo contrato com a DORNA, empresa promotora do campeonato, foi hoje denunciado]. O Miguel Oliveira tem contrato com a Aprilia e vai continuar. As pessoas que vão estar numa equipa independente [satélite] da Aprilia é que vão ser outras", garantiu Jorge Viegas, à chegada a Portugal, após a última prova da temporada, este domingo, em Valência.

Jorge Viegas acredita que a situação da RNF "não vai voltar atrás" e que será resolvida "de forma amigável ou não [com recurso aos tribunais]", mas cujo diferendo é entre a equipa "e a associação de equipas [IRTA]".

"Há versões diferentes. A RNF diz que não deve nada, a IRTA diz que eles têm dívidas. Já falei com os dois lados e o assunto deverá ser resolvido", frisou.

Quanto ao piloto português, Viegas garante que vai continuar na classe rainha, a MotoGP.

"O Miguel Oliveira está tranquilo, vai ter novo diretor e a equipa vai ter outro nome", garantiu ainda Jorge Viegas.

O presidente da FIM admitiu que a nova equipa ligada à Aprilia terá "capital norte-americano".

Sobre o campeonato que agora terminou, Jorge Viegas diz que o balanço é positivo.

"Tenho de fazer balanço extremamente positivo, por duas razões essenciais. Só ficou resolvido na última corrida e foi o primeiro campeonato com as [corridas] sprint, que foram um enorme sucesso. Em Valência tivemos quase os mesmos espetadores no sábado como no domingo", apontou.

Por isso, garante que o formato "é para manter" pois, nesta altura, "ninguém aceitaria que se acabasse, nem o público nem os pilotos".

O italiano Francesco Bagnaia (Ducati) sagrou-se bicampeão no GP da Comunidade Valenciana, no domingo, depois de o adversário Jorge Martin (Ducati) ter caído no decorrer da sexta volta da corrida principal.

Miguel Oliveira não participou nesta última prova da temporada devido a uma fratura na omoplata direita. O português terminou o campeonato na 16.ª posição.

Leia Também: Equipa de Miguel Oliveira proibida de competir no Mundial em 2024

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório