Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 16º

Miguel Oliveira gostaria de ter sido um pouco melhor no GP da Índia

O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) lamentou hoje o "primeiro fim de semana" em que não foi competitivo na presente temporada, após o 12.º lugar no Grande Prémio da Índia de MotoGP.

Miguel Oliveira gostaria de ter sido um pouco melhor no GP da Índia
Notícias ao Minuto

16:08 - 24/09/23 por Lusa

Auto MotoGP

Em declarações divulgadas pela assessoria de imprensa da equipa RNF, o piloto luso apontou as "curvas lentas" como os pontos em que sentiu maiores dificuldades.

"Provavelmente, foi o primeiro fim de semana em que não fui competitivo. De qualquer forma, todas as Aprilia tiveram dificuldades, de alguma forma, ao longo do fim de semana", apontou o piloto natural de Almada.

Miguel Oliveira diz, contudo, saber "claramente onde estão os pontos fracos" e onde a equipa precisa "de trabalhar para avançar e encontrar soluções".

O piloto português concluiu as 21 voltas ao traçado de Buddh a 29,088 segundos do vencedor, o italiano Marco Bezzecchi (Ducati), que deixou no segundo lugar o espanhol Jorge Martin (Ducati), a 8,649, com o francês Fábio Quartararo (Yamaha) em terceiro, a 8,855.

Miguel Oliveira sente que as principais dificuldades com que se debate são "na aceleração à saída das curvas lentas".

"Aguardo ansiosamente por dar um pouco a volta à situação no Japão [palco da próxima corrida, dentro de uma semana], e ter lá um bom desempenho", concluiu o piloto da Aprilia.

Com o 12.º lugar de hoje, Miguel Oliveira ocupa a 13.ª posição do campeonato, com 69 pontos.

O italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que desistiu devido a queda, lidera, com 292, enquanto Jorge Martin é segundo, a 13 pontos.

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório