Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Continua a espreitar pódios, Alonso. Nós agradecemos que o faças

Piloto espanhol regressou a um pódio da Fórmula 1 após sete anos de espera.

Continua a espreitar pódios, Alonso. Nós agradecemos que o faças

Há coisas no mundo que parece que não mudam. Uma delas, arriscamo-nos a dizer, é a qualidade de Fernando Alonso atrás do volante. Apesar dos seus 40 anos e de competir com jovens com maior capacidade física que ele, o piloto espanhol continua a mostrar ser um dos melhores do mundo na sua modalidade. Foi, sem dúvida, um dos destaques do primeiro Grande Prémio do Qatar em Fórmula 1, mas antes disso vamos à luta lá na frente, que é como quem diz, a luta pelo título.

Lewis Hamilton dominou de fio a pavio a corrida no Circuito Internacional de Losail. Saindo da pole position, o britânico nunca saiu do primeiro lugar e Max Verstappen, o seu principal rival, não conseguiu assustá-lo em nenhum momento da corrida. O neerlandês fechou a prova na segunda posição e minimizou os danos da vitória de Hamilton com a conquista do ponto da volta mais rápida.

São agora oito os pontos que separam os dois candidatos ao título de 2021, quando faltam duas corridas para o final da temporada (Arábia Saudita e Abu Dhabi). Verstappen soma 251,5, enquanto Hamilton tem 243,5.

Nesta corrida dominada por Hamilton, Alonso fechou os lugares de pódio, com um Alpine que voltou a estar competitivo - Ocon viu a bandeira de xadrez num muito positivo quinto lugar. Sergio Pérez não foi além do quarto lugar, apesar do bom ritmo demonstrado durante a corrida, enquanto Lance Stroll alcançou um dos melhores resultados do ano ao terminar no sexto lugar.

A Ferrari não conseguiu manter-se como a melhor equipa do segundo pelotão, e Carlos Sainz e Charles Leclerc terminaram em sétimo e oitavo, respetivamente. Norris e Vettel fecharam o top10 no Qatar.

Notícias ao Minuto

Figura: Teve pouca luta lá na frente, mas não é isso que tira brilho ao seu triunfo. Lewis Hamilton mostrou novamente que quer agarrar aquele que será o oitavo título da carreira como se fosse o seu primeiro. Embalado pela vitória de Interlagos, o britânico partiu da pole position e, na noite do Qatar, seguiu por ali fora durante 57 voltas como se não quisesse saber de ninguém atrás de si. Corrida perfeita do campeão mundial em título que alcançou um triunfo no 30.º circuito diferente na Fórmula 1.

Surpresa: Foram 2674 dias sem subir ao pódio. É um número exageradamente alto quando falamos de Fernando Alonso. Sem armas para lutar por um título, o espanhol de 40 anos faz o possível com o Alpine neste seu regresso à Fórmula 1. E o possível é isto. A Alpine demonstrou estar mais competitiva no Qatar e Alonso não se fez rogado em aproveitar. É um estratega nato, um condutor exímio e um excelente analista de corrida enquanto está a 300 km/h. Alonso não perde qualidades e, para quem gosta da modalidade, é um regalo vê-lo novamente no lugar onde merece estar. Esperemos que 2022 traga uma Alpine capaz de dar armas mais fortes a Alonso. Temos a certeza que o bicampeão do mundo fará o resto.

Desilusão: A AlphaTauri prometeu muito desde sexta-feira. Contudo, chegou a domingo e não cumpriu. Nos treinos livres e qualificação, a equipa satélite da Red Bull demonstrou ter bastante ritmo e ser capaz de lutar por posições cimeiras, mas a verdade é que nenhum dos seus carros chegou sequer aos pontos. A expectativa estava alta, sobretudo pelo que Pierre Gasly poderia fazer. Graças à penalização de Verstappen e Bottas, o francês partiu pela primeira vez na sua carreira da primeira linha da grelha, mas esteve um domingo para esquecer. Gasly foi 11.º e Tsunoda terminou na 13.ª posição.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório