Bose acusada de espiar os utilizadores dos seus headphones

Autor da queixa aponta que as preferências musicais podem ajudar a traçar perfis de personalidade, inclinações políticas e orientação sexual.

© Reuters
Tech Dados

A Bose está a ser acusada de espiar os utilizadores dos seus headphones, recolhendo dados que depois vende para outras empresas. Quem o diz é Zyle Zak à Reuters, notando que é possível tirar conclusões sobre a personalidade de alguém a a partir de preferências musicais.

PUB

“De facto, as seleções pessoais – incluindo músicas, transmissões de rádio e podcasts – oferecem uma quantidade incrível de informação sobre a personalidade, comportamento, inclinação política e identidade pessoal”, pode ler-se no processo submetido por Zak à fabricante de headphones.

Alegadamente, a Bose faz uso da aplicação necessária para utilizar headphones sem fios para recolher este tipo de informação, a qual é utilizada para traçar perfis de personalidade que pode vir a ser útil para dirigir publicidade específica.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser