Não quer ter filhos para já? Esta empresa de Silicon Valley quer ajudar

A Prelude Fertility quer acompanhar todo o processo de procriação medicamente assistida, desde a recolha dos ovócitos, passando pela fertilização in vitro, pelo despiste de problemas genéticos até à implantação no útero das mulheres.

© Forbes
Tech Fertilidade

O polo tecnológico de Silicon Valley é conhecido por ser a ‘casa’ das maiores empresas tecnológicas do mundo, nomeadamente o Facebook, a Apple, a Google ou a Netflix. Porém, nem tudo tem de ser voltado para o mercado de consumo ou redes sociais, com a Prelude Fertility a procurar garantir que casais consigam ter filhos no auge da sua fertilidade. Sempre que queiram.

PUB

Criada por Martin Varsavsky, a Prelude Fertility tem o intuito de acompanhar todo o processo de procriação medicamente assistida, reunindo todas as tecnologias necessárias para o processo. Para tal são recolhidos os ovócitos e espermatozóides numa idade ideal de fertilidade, sendo depois criopreservados para garantir que são mantidas as condições de frescura pretendidas. Uma vez dado este passo, é permitido a homens e mulheres prosseguirem com as suas vidas profissionais e concentrarem-se nas suas carreiras antes de darem o passo de constituir família, contou Varsavsky à Forbes.

Numa fase posterior é feita a fertilização in vitro, o despiste de problemas genéticos e até a implantação dos embriões no útero das mulheres. A ideia da Prelude Infertility é mesmo acompanhar o processo de procriação medicamente assistido, procurando garantir a conveniência de quem quer controlar a idade a que quer ter filhos.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS