Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Sintra vai ter site para ligação à comunidade

O Gabinete do Património Mundial - Paisagem Cultural de Sintra está a preparar a criação de um site, para reforçar a ligação à comunidade, quando passam 20 anos sobre a classificação da UNESCO, adiantou o coordenador da nova estrutura.

Sintra vai ter site para ligação à comunidade
Notícias ao Minuto

06:47 - 04/12/15 por Lusa

Tech Cultura

"A Paisagem Cultural é também uma ligação forte à comunidade e, portanto, estamos a organizar uma estrutura de apoio ao gabinete que passa pela criação de fóruns específicos de ligação às instituições e às pessoas com interesse pelas questões do Património Mundial", explicou à Lusa João Lacerda Tavares.

O coordenador do novo Gabinete do Património Mundial, criado em setembro pelo município e pela sociedade Parques de Sintra-Monte da Lua (PSML), acrescentou que está em preparação um site autónomo, que "reflita uma ligação fácil" com a comunidade e sirva para a recolha de opiniões e sugestões relacionadas com a Paisagem Cultural.

Segundo João Lacerda Tavares, o plano de gestão da Paisagem Cultural já foi entregue pela PSML à UNESCO e o documento "mantém as zonas" inicialmente delimitadas na candidatura: "inscrita", "tampão" e "de transição".

"Não temos um momento classificado, temos uma paisagem. E uma paisagem é naturalmente extensa, não é um cantinho. Claro que os níveis de proteção são diferentes", salientou.

Para o coordenador do gabinete, que já foi vereador do PSD e administrador da PSML, em representação do município, existe uma "maior preocupação com a zona 'inscrita'", onde se tem registado a maior reabilitação, mas a atenção também recai nas zonas "tampão" e "de transição", através dos instrumentos de ordenamento do território, em revisão.

O novo gabinete tem como missão "promover a aproximação entre os interessados" na zona classificada e vai acolher um centro UNESCO dedicado ao Património Mundial.

A criação de um gabinete da Paisagem Cultural é uma antiga recomendação de organismos da UNESCO, na sequência de diversas missões técnicas para avaliar o estado de conservação da zona classificada de Sintra.

"Não há paisagem cultural sem pessoas e não há gestão bem-sucedida sem consensos. A melhor forma de gerar cultura passa pela valorização do património, pois só se pode valorizar o que se conhece", salientou o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS), na assinatura do protocolo de criação do gabinete.

A PSML investiu 33,8 milhões de euros na reabilitação do património, desde 2000 até outubro de 2015, e estima que, até ao final do ano, registe um recorde de 2.250.000 visitas no conjunto dos monumentos sob a sua gestão, revelou à Lusa fonte da empresa.

Segundo a autarquia, o ministro da Cultura, João Soares, vai participar no domingo nas comemorações dos 20 anos da elevação de Sintra a Património Mundial, na categoria de Paisagem Cultural, pela UNESCO, num município onde foi vereador, após ter sido derrotado nas eleições para a presidência da câmara pelo social-democrata Fernando Seara.

As comemorações contam ainda com o "Encontro USkP - Sintra Desenhada... nos 20 anos da classificação como Património Mundial", a partir das 14:30, junto ao Palácio Nacional de Sintra, de onde vão sair os autores do coletivo "Urban Sketcher" para registar graficamente a vila e o seu património natural.

O programa de comemorações conta ainda com uma sessão solene, às 17:00, no Palácio Nacional de Sintra, com a presença do vereador do Urbanismo e Património da Câmara de Bruxelas, Geoffroy Coomans de Brachène, do presidente da PSML, Manuel Baptista, e do presidente substituto da comissão nacional da UNESCO, Jorge Lobo de Mesquita.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório