Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 23º

TikTok suspende funcionalidades de recompensa após investigação

A plataforma TikTok, do grupo chinês ByteDance, anunciou hoje que suspendeu as funções de recompensa na aplicação TikTok Lite, depois de a Comissão Europeia ter iniciado uma investigação.

TikTok suspende funcionalidades de recompensa após investigação
Notícias ao Minuto

17:04 - 24/04/24 por Lusa

Tech TikTok

"O TikTok procura sempre colaborar de forma construtiva com a Comissão Europeia e outros reguladores. Estamos, por isso, a suspender voluntariamente as funções de recompensa no TikTok Lite enquanto abordamos as preocupações levantadas", refere um porta-voz do TikTok, não identificado, numa nota hoje enviada à Lusa.

A Comissão Europeia anunciou, na segunda-feira, a abertura de uma investigação à aplicação TikTok Lite devido à funcionalidade que recompensa o tempo passado ao ecrã com moedas virtuais convertíveis em cartões-presente.

A Comissão Europeia, que desempenha agora o papel de polícia digital na UE, acredita que o mecanismo apresenta "sérios riscos para a saúde mental dos utilizadores", ao forçar as pessoas a permanecerem ligadas.

No entanto, a plataforma não comunicou a Bruxelas, antes do seu lançamento, uma avaliação de risco, de acordo com as suas obrigações ao abrigo da nova legislação sobre serviços digitais (DSA). O novo serviço foi lançado em França e Espanha no final de março.

Anteriormente, um porta-voz da empresa, também não identificado, já tinha mostrado deceção com a abertura do procedimento, apontando que o programa de recompensas "não é acessível a menores de 18 anos e inclui um limite diário para visualização de vídeos".

A Comissão Europeia emitiu um primeiro alerta em 17 de abril, solicitando à plataforma que fornecesse no prazo de 24 horas uma avaliação dos riscos associados a esta implantação e detalhasse os meios implementados para os reduzir. Mas "o TikTok não forneceu o documento a tempo", explicou, então, a Comissão.

O TikTok Lite recompensa os utilizadores com 'tokens' (criptomoeda) se fizerem 'login' diariamente durante dez dias, passarem tempo a assistir a vídeos (com um limite de 60-85 minutos por dia) e realizarem determinadas ações, como 'gostar' de vídeos e seguir criadores de conteúdo. Estas moedas podem depois ser trocadas por cartões-presente em sites parceiros, como a Amazon.

Com vídeos de curta duração, o TikTok, que atraiu mais de 1,5 mil milhões de utilizadores em todo o mundo, é acusado há vários anos nos Estados Unidos e na Europa de causar comportamento viciante entre adolescentes.

Leia Também: UE ameaça suspender TikTok devido ao risco de dependência nos jovens

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório