Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Astrónomos revelam "buraco negro com crescimento mais rápido até à data"

Astrónomos descobriram o quasar mais brilhante, que dista da Terra mais de 12 mil milhões de anos-luz, anunciou hoje o Observatório Europeu do Sul (OES), que opera o telescópio que permitiu a descoberta. O buraco negro do quasar 'J0529-4351' está a crescer em massa o equivalente a um Sol por dia.

Astrónomos revelam "buraco negro com crescimento mais rápido até à data"
Notícias ao Minuto

17:08 - 19/02/24 por Lusa

Tech OES

Os quasares são núcleos brilhantes de galáxias distantes, formados por buracos negros (corpos densos e escuros inferidos pela atração gravitacional que exercem sobre a matéria) com massas colossais.

O buraco negro do quasar 'J0529-4351' está a crescer em massa o equivalente a um Sol por dia, "o que faz dele o buraco negro com o crescimento mais rápido descoberto até à data", adianta em comunicado o OES, que opera o telescópio VLT, no Chile, na origem da descoberta, divulgada na revista da especialidade Nature Astronomy.

Segundo o OES, "os buracos negros que alimentam os quasares retiram matéria do meio que os rodeia por um processo tão energético que faz com que o objeto emita enormes quantidades de luz".

"É por isso que os quasares são dos objetos mais brilhantes do céu, sendo que mesmo os mais distantes são visíveis a partir da Terra", salienta o comunicado.

No caso do quasar 'J0529-4351', a sua luz demorou mais de 12 mil milhões de anos a chegar até à Terra.

O OES, organização astronómica da qual Portugal faz parte, acrescenta que a matéria que está a ser puxada em direção ao buraco negro, sob a forma de um disco, emite tanta energia que faz com que o quasar 'J0529-4351' seja mais de 500 mil milhões de vezes mais luminoso do que o Sol.

Leia Também: Luz intensa e rasto de fumo. Meteorito explode nos céus de Portugal

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório