Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 23º

YouTube trava recomendações de alguns vídeos para proteger adolescentes

De acordo com a plataforma, este 'corte' neste tipo de conteúdos começa já a partir desta quinta-feira.

YouTube trava recomendações de alguns vídeos para proteger adolescentes
Notícias ao Minuto

23:13 - 02/11/23 por Notícias ao Minuto

Tech Youtube

A partir desta quinta-feira, o YouTube vai impor restrições no número de vezes que adolescentes recebem recomendações de vídeos relacionados com conteúdos sensíveis, como a imagem corporal.

O anúncio foi feito hoje pela empresa, que refere que estas novas salvaguardas foram construídas juntamente com psicológicos, investigadores e outros especialistas no desenvolvimento das crianças.

A mudança surge depois de a empresa ter sido avisada, ao longo dos anos, e segundo as publicações internacionais, sobre os riscos que certas exposições repetidas a este tipo de conteúdos teria nos adolescentes - assim como semanas depois de os Estados Unidos terem processado a Meta por ser perniciosa para jovens.

“Uma maior frequência de conteúdo que idealiza padrões ou comportamentos prejudiciais à saúde pode enfatizar mensagens potencialmente problemáticas – e essas mensagens podem impactar a forma como alguns adolescentes se veem”, explicou  a investigadora Allison Briscoe-Smith, em comunicado de imprensa citado pelas publicações internacionais.

Desta forma os adolescentes que usarem a plataforma não vão receber recomendações de vídeos repetidamente com conteúdo que "compare características físicas e idealize" alguns tipos de características, como o peso ou exibições sobre "formas de agressão social na forma intimidação sem contacto".

A plataforma referiu ainda que está a trabalhar com a Organização Mundial de Saúde e a Common Sense Networks para desenvolver recursos educacionais para pais e adolescentes. O projeto incluirá orientações sobre como criar vídeos online com segurança e empatia, assim como dar resposta a alguns comentários.

Leia Também: Número de vítimas de bullying apoiadas pela APAV sobe 181% em três anos

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório