Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
28º
MIN 14º MÁX 28º

Rival do YouTube vai continuar a monetizar vídeos de Russell Brand

O comediante e ator britânico foi acusado de agressão sexual.

Rival do YouTube vai continuar a monetizar vídeos de Russell Brand
Notícias ao Minuto

15:31 - 21/09/23 por Miguel Dias

Tech Polémica

O YouTube decidiu desmonetizar os vídeos de Russell Brand mas, aparentemente, há outra plataforma de vídeos onde o comediante britânico está presente que não pretende seguir em frente com a mesma decisão.

A Rumble, onde Russell Brand tem 1,42 milhões de seguidores e é a quinta pessoa mais seguida da plataforma, decidiu que não vai remover a monetização do canal do comediante e ator britânico. Serve recordar que Brand foi acusado de agressão sexual, envolvendo-se então numa polémica que levou a mais mulheres a virem a público com acusações semelhantes.

A decisão da Rumble foi tomada depois de ter sido pedido pela Câmara dos Comuns do Reino Unido que a plataforma deixasse de monetizar os vídeos de Brand.

“Apesar de a Rumble condenar agressões sexuais, violações e todos os crimes sérios e de acreditarmos que tanto as alegadas vítimas como o acusado merecem uma investigação séria, é vital notar que as recentes alegações contra o Russell Brand nada têm a ver com o conteúdo a plataforma da Rumble”, pode ler-se no comunicado da Rumble partilhado pela SkyNews. “Consideremos profundamente inapropriado e perigoso que o Parlamento do Reino Unido tente controlar quem pode falar na nossa plataforma ou ganhar a vida a fazê-lo”.

Leia Também: Canal de Russell Brand no YouTube deixa de poder fazer dinheiro

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório