Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
33º
MIN 17º MÁX 33º

Bruxelas avalia código para combater desinformação e riscos de IA

A Comissão Europeia vai avaliar na próxima semana o Código de Conduta contra a Desinformação, um ano depois da sua aprovação, e avaliar a ameaça que a inteligência artificial pode representar para a democracia.

Bruxelas avalia código para combater desinformação e riscos de IA
Notícias ao Minuto

12:57 - 02/06/23 por Lusa

Tech Inteligência Artificial

A vice-presidente da Comissão para os Valores e Transparência, Vera Jourová, e o comissário para o Mercado Interno, Thierry Breton, participam na reunião, na segunda-feira, com os restantes signatários do código de conduta que há um ano apresentou as linhas sobre como contrariar a desinformação.

No horizonte estão as eleições europeias em junho de 2024 e de que maneira a propagação da desinformação e a manipulação podem condicionar as escolhas dos eleitores dos 27, o "aprofundamento do trabalho de verificação de factos, a melhoria no acesso a dados de pesquisa e a capacitação dos utilizadores para responder à evolução da inteligência artificial", dá conta um comunicado divulgado pela Comissão Europeia.

Numa altura em que softwares como o ChatGPT e outras ferramentas que utilizam a inteligência artificial estão a propagar-se a um ritmo bastante acelerado, Bruxelas quer estar preparada para responder a eventuais ameaças às instituições europeias e nacionais de cada Estado-membro.

Vários analistas alertaram para as potencialidades, mas também para os perigos inerentes à disseminação desenfreada da inteligência artificial.

Em simultâneo, a União Europeia está envolvida num esforço para contrariar a propaganda do Kremlin, que se intensificou com a invasão à Ucrânia no final de fevereiro do ano passado.

"A cooperação entre os signatários [do código] e o grande número de organizações que estão agora dispostas a assiná-lo demonstram que é um instrumento eficaz e dinâmico para combater a desinformação. No entanto, tem progredido lentamente em aspetos cruciais, como a propaganda de guerra a favor do Kremlin, o acesso independente a dados e a utilização indevida de inteligência artificial", advertiu Vera Jourová, citada na nota divulgada.

Em fevereiro deste ano, os signatários do Código de Conduta contra a Desinformação apresentaram os primeiros relatórios. Em julho a Comissão vai receber outra leva de relatórios sobre a evolução deste processo contra a contaminação democrática pela desinformação.

Leia Também: Austrália vai legislar IA para enfrentar riscos da tecnologia

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório