Meteorologia

  • 07 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 6º MÁX 13º

Assediadas com AirTags, duas mulheres processaram a Apple

As duas mulheres dizem-se assediadas pelos ex-companheiros, que usam os AirTags para estarem informados das suas localizações.

Assediadas com AirTags, duas mulheres processaram a Apple

A Apple foi processada por duas mulheres que alegam que dois ex-companheiros usaram AirTags para seguirem os seus movimentos, acusando a empresa de ter um produto que foi usado para colocar em risco a sua segurança.

Como conta a CNN, uma das mulheres diz que o ex-namorado colocou um AirTag na roda de um pneu do seu carro. Já a segunda mulher responsável pelo processo diz que o ex-marido, com historial de assédio para com ela, colocou um AirTag na mochila do filho. Apesar de ter tentado desativá-lo, esta mulher diz que pouco depois surgiu outro em seu lugar.

Ambas as mulheres decidiram não ser identificadas por terem pela sua segurança, com os advogados a indicarem que os AirTags são usados para “seguir, assediar e ameaçar” a segurança com conhecimento da localização.

A Apple ainda não se pronunciou sobre estes casos.

Leia Também: Fã de karaoke? O Apple Music tem uma novidade para si

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório