Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

Não será fácil para a Apple reduzir dependência da China

Investigação da Bloomberg refere que levará 8 anos para reduzir 10% a atual dependência da China.

Não será fácil para a Apple reduzir dependência da China

A Apple tem procurado reduzir a dependência da China, transferindo parte da sua capacidade de produção para a Índia e outros territórios no sudeste asiático. Mesmo com este esforço, parece que a tecnológica de Cupertino ainda poderá demorar para ser bem-sucedida nesse objetivo.

Uma investigação levada a cabo pela Bloomberg indica que, caso a Apple queira reduzir em 10% a atual dependência da China, precisará de cerca de oito anos - apontando que é neste território que está concentrada cerca de 98% da produção dos iPhones.

Mesmo que leve tempo para reduzir esta dependência, a investigação aponta para bons motivos para a Apple continuar com este processo e aponta alguns motivos para tal.

Entre eles estão as restrições e períodos de quarentena relacionados com Covid-19, as crescentes tensões entre os EUA e a China, as práticas de proteção de dados e também o aumento de custos.

Leia Também: iPhone 14 é uma desilusão? Apple desistiu de aumentar produção

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório