Meteorologia

  • 06 JULHO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 34º

YouTube removeu mais de 70 mil vídeos sobre conflito na Ucrânia

A ação da plataforma de vídeos da Google faz-se sentir desde o início da invasão pela Rússia, a 24 de fevereiro.

YouTube removeu mais de 70 mil vídeos sobre conflito na Ucrânia

Uma boa parte das empresas tecnológicas tem procurado combater a desinformação e o discurso de ódio nas respetivas plataformas digitais. Seja notícias falsas com eleições ou com a pandemia de Covid-19, o trabalho de plataformas como o YouTube não tem sido fácil - tendo ficado ainda mais complicado com a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Apesar disso, parece que o YouTube tem conseguido eliminar vídeos que violam as diretrizes da comunidade. Diz o The Guardian que, desde que a Rússia invadiu a Ucrânia no dia 24 de fevereiro, já foram eliminados mais de 70 mil vídeos relacionados com o conflito. Para além da remoção destes vídeos, a Google também decidiu suspender quase nove mil canais na plataforma.

“Temos uma política sobre grandes eventos violentos que se aplicam a coisas como negação de grandes eventos violentos: tudo desde o Holocausto até [ao massacre de] Sandy Hook. E, claro, o que está a acontecer na Ucrânia é um grande acontecimento violento e temos usado essa política para agirmos de uma forma inédita”, adiantou à publicação o responsável de produto do YouTube, Neal Mohan.

Leia Também: Nova opção vai ajudá-lo a ver vídeos mais rapidamente no YouTube

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório