Meteorologia

  • 03 JULHO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 29º

Politécnico desenvolve aplicação para promover turismo gastronómico

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) desenvolveu uma aplicação móvel que pretende promover o turismo gastronómico da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE).

Politécnico desenvolve aplicação para promover turismo gastronómico

O projeto, denominado "Taste Food Experience", foi o primeiro classificado da 7.ª edição do Prémio José Manuel Alves, promovido pelo Turismo Centro de Portugal.

O "Taste Food Experience" foi desenvolvido por uma equipa multidisciplinar da Unidade de Investigação para o Desenvolvimento do Interior, através do Laboratório de Turismo e Hospitalidade.

"A aplicação encontra-se na fase inicial de desenvolvimento, o próximo passo será apresentar o projeto à CIM-BSE para que possamos acelerar o seu desenvolvimento e passe a estar disponível para os turistas", afirmou o vice-presidente do IPG, Manuel Salgado.

Segundo o responsável, que também é o coordenador do projeto, "a plataforma irá reunir toda a informação associada ao território e aos seus recursos endógenos".

O IPG referiu que "para além de informações sobre produtores, restaurantes, artesanato, experiências e empresas turísticas, a plataforma permitirá efetuar reservas de restaurantes e de atividades".

"Durante o processo de utilização da aplicação, o visitante poderá deixar as suas sugestões, classificar e comentar cada experiência reservada através da aplicação".

Segundo a fonte, a plataforma "Taste Food Experience" será "um instrumento diferenciador de gestão, promoção e valorização da gastronomia regional da CIM-BSE".

Com o "Taste Food Experience", o IPG venceu o primeiro lugar do Prémio José Manuel Alves, um concurso promovido pelo Turismo Centro de Portugal, que anualmente premeia os melhores projetos de empreendedorismo turístico.

"Estamos muito satisfeitos em ver o projeto 'Taste Food Experience' obter a melhor classificação do prestigiante Prémio José Manuel Alves", afirmou Joaquim Brigas, presidente do IPG.

O responsável salientou que a ideia "irá articular o património gastronómico com o turismo, valorizando a região das Beiras e Serra da Estrela".

"Tem sido uma prioridade para o IPG criar iniciativas que valorizem os produtos endógenos e promovam a sustentabilidade do interior, tornando a região mais competitiva", afirmou Joaquim Brigas.

O projeto do IPG foi selecionado pelo júri composto por Guilherme Fonseca (Portugal Ventures), Miguel Mendes (Turismo de Portugal) e Adriana Costa (UA Incubator).

As avaliações foram feitas de acordo com os critérios viabilidade económico-financeira, grau de inovação do projeto e contributo para o desenvolvimento do setor na região Centro de Portugal.

O Prémio José Manuel Alves tem como objetivo apoiar projetos inovadores no setor do turismo, especificamente implementados na região Centro de Portugal.

O IPG foi premiado com 5.000 euros, o projeto que ficou em segundo lugar com 2.500 euros e o terceiro com 1.000 euros.

Leia Também: Utilizadores da 'Too Good To Go' salvaram do lixo um milhão de refeições

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório