Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

'Black Widow'. Scarlett Johansson processa Disney por quebra de contrato

"Este não vai ser, certamente, o último caso onde os talentos de Hollywood enfrentam a Disney", indicam os advogados da atriz de 'Black Widow'. Em causa, está o lançamento simultâneo do filme na Disney + e nos cinemas.

'Black Widow'. Scarlett Johansson processa Disney por quebra de contrato

A atriz Scarlett Johansson, que interpreta o papel de 'Viúva Negra' no Marvel Cinematic Universe (MCU), interpôs um processo contra a Disney por causa do lançamento do filme 'Black Widow', alegando quebra de contrato.

Johansson alega que a decisão do estúdio em lançar o filme em simultâneo nos cinemas e na plataforma de streaming Disney+ configura uma quebra de contrato porque parte do seu salário dependia do sucesso do filme nas bilheteiras.

""Nos meses que antecederam este processo, Johansson deu à Disney e à Marvel todas as oportunidades para corrigir os seus erros e cumprir o acordo da Marvel. A Disney induziu intencionalmente a quebra de contrato da Marvel, sem justificação, por forma a impedir que a senhora Johansson conseguisse os benefícios completos decorrentes do seu acordo com a Marvel", pode ler-se nos documentos judiciais, acedidos pelo Guardian.

Os representantes da atriz indicam que o seu salário estava, em parte, dependente do sucesso do filme nas bilheteiras. Embora a longa-metragem tenha tido um primeiro fim de semana fulgurante (80 milhões de dólares, nos EUA, o equivalente a 67 milhões de euros, e 78 milhões de dólares - cerca de 65,5 milhões de euros - nos cinemas internacionais), as receitas diminuíram drasticamente na segunda semana, para os piores resultados de qualquer outro filme da MCU, algo que é atribuído à disponibilização do filme no serviço de streaming.

A Disney divulgou que faturou 60 milhões de dólares (50,4 milhões de euros) pelas vendas do filme no 'streaming' no primeiro fim de semana.

Esta é uma estratégia que a Disney tem aplicado em vários dos seus lançamentos, como 'Mulan' ou 'Cruella'. A decisão, alega o processo, terá custado a Scarlett Johansson mais de 50 milhões de dólares (42 milhões de euros).

"Este não vai ser, certamente, o último caso onde os talentos de Hollywood enfrentam a Disney e tornam claro que, o que quer que seja que a empresa pretende, tem uma obrigação legal de honrar os seus contratos", indicou ao Wall Street Journal o advogado John Berlinski, que representa a atriz.

Leia Também: É oficial. 'Loki' vai ter uma segunda temporada na Disney+

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório