Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Mais de 2 mil trabalhadores criticaram Activision Blizzard em carta

Os trabalhadores não confiam na “capacidade da empresa de responsabilizar os abusadores”.

Mais de 2 mil trabalhadores criticaram Activision Blizzard em carta

A resposta da Activision Blizzard às acusações de assédio e discriminação não parece ter agradado aos trabalhadores (antigos e atuais), que decidiram assim assinar uma carta aberta onde criticam abertamente a empresa conhecida por séries como ‘Call of Duty’ e ‘World of Warcraft’.

A carta classifica como “abominável e insultuosa” a resposta publicada pela executiva Frances Townsend, que considerou que as situações descritas no processo são “factualmente incorretas, antigas e fora de contexto”. Na altura da publicação desta peça, a petição foi assinada por mais de 2 mil pessoas que já passaram pela Activision Blizzard.

“Os executivos da nossa empresa afirmam que tomarão decisões para nos protegerem mas, face a esta ação legal - e às respostas oficiais que se seguiram - não confiamos que os nossos líderes coloquem a segurança dos trabalhadores acima dos seus interesses”, pode ler-se na carta partilhada pela Bloomberg.

A carta acusa ainda a Activision Blizzard de ter criado “uma atmosfera que desacredita as vítimas” de situações de assédio e discriminação, com os trabalhadores que assinam a carta a não confiarem na “capacidade da empresa de responsabilizar os abusadores”.

Leia Também: Produção de 'World of Warcraft' foi suspensa devido a processo de assédio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório