Meteorologia

  • 15 JUNHO 2021
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 34º

Edição

'Ratchet & Clank: Rift Apart'. A icónica dupla está de volta

Há quase dez anos que os fãs de Ratchet e Clank não tinham direito a uma nova aventura. O novo exclusivo da PlayStation 5 é a prova que os seguidores de uma das duplas mais icónicas dos videojogos podem continuar a esperar futuras apostas da produtora Insomniac Games.

Nos últimos jogos a Insomniac Games tem sido aplaudida por ‘Marvel's Spider-Man’ e mais recentemente por ‘Marvel's Spider-Man: Miles Morales’, jogos de grande qualidade que (todavia) não fizeram esquecer a dupla que começou por cimentar a reputação do estúdio agora detido pela Sony.

Ratchet e Clank começaram as suas aventuras na PlayStation 2 e têm demonstrado com eficácia as capacidades de praticamente todas as consolas da Sony no início de vida destas plataformas. A exceção foi a PlayStation 4, que teve direito apenas a um ‘remake’ do primeiro título da série. Ainda que não seja o primeiro jogo da Insomniac Games para a PlayStation 5, ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ é o primeiro exclusivo da consola de nova geração e, tal como manda a tradição, procura demonstrar o que é possível fazer na plataforma.

‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ é, assim, a primeira nova aventura desta dupla desde ‘Ratchet & Clank: Into the Nexus’ de 2013. Significa isto que além das naturais expetativas para um exclusivo de uma nova consola, ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ tem ainda de ir ao encontro dos desejos dos fãs e mostrar que continua a ser uma aposta válida da parte da Insomniac Games.

Pois bem, depois de passarmos umas horas na companhia de Ratchet e Clank ficámos satisfeitos por constatar que esta dupla continua em boa forma, cheia de bom humor e com capacidade para continuar a proporcionar uma experiência de qualidade.

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  

O regresso à boa forma

A série ‘Ratchet & Clank’ sempre foi pautada por sequências de plataformas e combate recheado de algumas das armas mais criativas criadas para videojogos. ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ volta a esta fórmula e, com ajuda do poder da PlayStation 5, proporciona segmentos de ‘encher o olho’ num espetáculo de pedaços desfeitos de robots.

Em ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ será possível visitar os mais variados planetas alienígenas e, apesar de alguns deles serem um pouco limitados no que diz respeito a tamanho, outros são mais abertos e permitem ao jogador explorar com maior liberdade. Além de algumas missões secundárias, os jogadores poderão colecionar os habituais parafusos dourados (que dão acesso a alguns itens cosméticos e outras opções), assim como peças das mais variadas armaduras (as quais conferem bónus como resistência a determinados inimigos, mais experiência, etc).

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  

O foco de ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ volta a estar nas armas. Além de armas de fogo mais tradicionais (seja a curto, médio ou longo alcance) os jogadores poderão ainda chamar reforços sob forma de pequenos robots, criar um regador que paralisa os inimigos ou até paralisá-los com munições de choques. São mais de 16 as armas disponíveis, as quais podem ser melhoradas consoante a utilização ou através de cristais, que aumentou o raio de explosões, número de munições, entre outros atributos.

Quase tão importantes quanto o armamento, as acrobacias de Ratchet e Rivet para evitar fogo inimigo serão uma constante. É importante estar consciente do ambiente em redor do jogador e, como nova ferramenta, o jogador poderá aproveitar pequenos 'rifts' para cruzar facilmente os cenários e aceder a zonas de outras formas inacessíveis. Estes 'rifts' também são aproveitados em sequências de plataformas, pelo que se tornarão rapidamente parte natural da forma de progredir pelos cenários.

Mesmo com uma identidade tão assente em tiroteios e plataformas, esta aposta da Insomniac Games em armas diversificadas faz com que o jogo nunca deixe de ser ‘fresco’. O facto de nem sempre conseguir ter munições para todas as armas faz com que tenha de adotar abordagens diferentes a cada encontro com inimigos, um equilíbrio que a Insomniac Games consegue atingir com eficácia.

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  

A produtora também conseguiu imprimir esta diversidade nos próprios planetas. Além de diferentes ambientes, a progressão em cada um é ajudada por portais interdimensionais que permitem ao jogador alternar entre diferentes dimensões dos mesmos planetas.

Por exemplo, se o jogador encontrar um caminho bloqueado deverá procurar uma pedra interdimensional para ir para outra dimensão, onde não existe tal obstáculo. Não se tratam propriamente de puzzles intrincados mas, ainda assim, estas sequências contribuem para a tal falada diversidade de uma forma muito positiva.

Os melhores puzzles estão reservados para Clank que, em algumas sequências, deverá criar trajetos e retirar obstáculos para permitir que cópias suas desbloqueiem certos portais. Não são frequentes e não especialmente difíceis, nada que uma boa capacidade de observação não resolva. Todavia, é claro que estas sequências abrandam consideravelmente o ritmo do jogo, o que poderá não agradar a todos os jogadores.

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  

Uma aventura interdimensional

Esta interdimensionalidade dos cenários é, na verdade, o que dá o mote ao enredo. Tudo começa com uma celebração dos feitos de Ratchet e Clank a ser invadida pelo vilão Dr. Nefarious, que rouba um artefacto da raça de Ratchet - os Lombaxes - recriado por Clank para aceder a outras dimensões. Este acontecimento faz com que os jogadores conheçam diferentes versões das personagens habituais da série, incluindo dos próprios protagonistas.

Entre os destaques está Rivet, uma misteriosa personagem da mesma raça de Ratchet que tem potencial para se tornar uma das favoritas dos fãs. Rivet é de tal forma interessante que, no final do jogo, ficou a vontade de ver mais desta personagem. No mínimo esperamos que Rivet surja em futuros títulos da série e quem sabe, talvez a Insomniac Games aposte num ‘spin-off’ dedicado a esta nova personagem.

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  

De resto, o enredo não é propriamente surpreendente. Na nova dimensão, Ratchet e Clank encontram uma outra versão (mais ameaçadora) do Dr. Nefarious e cabe à dupla impedir o seu plano maléfico de conquistar todas as dimensões. Não é surpreendente mas é mais uma satisfatória aventura desta icónica dupla, cuja amizade e trocas ajuda a sustentar grande parte da narrativa.

Em maior destaque está o grafismo de ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’. A série sempre foi conhecida pela qualidade gráfica mas, na PlayStation 5, é um daqueles jogos que mostra bem o potencial de futuros títulos da consola. Os reflexos nas superfícies envidraçadas, os pormenores no pêlo de Ratchet e Rivet assim como a beleza natural de cada planeta valem a pena ser admirados.

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  

Os jogadores podem também optar por diversos modos relativos ao grafismo. Além de poderem jogar com 4K e ‘ray tracing’ a 30 ‘frames’ por segundo, é também possível optar por uma resolução 1080p com 60fps. Foi no primeiro modo que jogámos grande parte de ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ mas, durante o processo de análise, a Insomniac Games lançou um terceiro modo que permite desfrutar de 4K dinâmico, 60ps e ‘ray tracing’, que acabou por ser o nosso preferido.

Os 30fps podem ser suficientes para alguns jogadores mas, na verdade, há qualquer coisa de especial na fluidez dos 60fps e ver pedaços de robots e parafusos a voar em todas as direções. Se jogar a ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’, recomendamos que o faça neste terceiro modo para poder desfrutar da melhor experiência possível.

No que diz respeito a longevidade, os fãs da série sabem certamente o que esperar. A história demora cerca de 10 horas a ser completada, sendo que se quiser recolher todos os itens colecionáveis e explorar todos os planetas ao máximo poderá esperar mais algumas horas dependendo do compromisso com esta missão.

Mesmo depois de terminada a história e de completar tudo a 100% ainda poderá encontrar novos desafios, com um modo extra e mais algumas armas para experimentar. 

Notícias ao Minuto© Sony Interactive Entertainment / Insomniac Games  


Considerações finais

Como já referimos, ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ é um regresso da série à boa forma. Todos os elementos que tornaram ‘Ratchet & Clank’ uma série de renome nas plataformas da Sony podem ser encontrados neste novo título. Ao mesmo tempo, continua a ser tão acessível para novos jogadores como sempre. Tendo em conta o ainda parco número de exclusivos da PlayStation 5, não fará mal em dar oportunidade a ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’.


Pontos positivos

- Grafismo fluído e recheado de pormenores;

- Diversidade das armas;

- A nova protagonista, Rivet;

- Cenários mais abertos que incentivam exploração.


Pontos negativos

- História não surpreende;

- Sequências de Clank 'interrompem' ritmo de jogo.


Ideal para…

O aspeto ‘cartoonesco’ de ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ pode levar a pensar que se trata de um jogo apenas para os mais pequenos. Por muito que os mais novos sejam capazes de se ‘apaixonar’ pelas personagens, a jogabilidade será certamente apreciada por jogadores de todas as idades que gostem de jogos de ação e aventura.

Seja para relaxar ou para um desafio (dependendo do modo de dificuldade), ‘Ratchet & Clank: Rift Apart’ será capaz de corresponder ao esperado.

Leia Também: As duplas mais memoráveis de jogos da PlayStation

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório