Meteorologia

  • 13 JUNHO 2021
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 29º

Edição

Um fim de semana com o Model 3, a 'essência' da Tesla

O modelo mais acessível da empresa reúne os três grandes ‘pilares’ que tornaram a marca reconhecida no segmento de carros elétricos.

Os lançamentos do Model S e do Model X serviram para a Tesla mostrar o que era possível fazer nos respetivos segmentos de elétricos. Posicionados para segmentos financeiramente mais abastados, estes veículos rapidamente tornaram a empresa de Elon Musk como incontornável na categoria de veículos elétricos, uma posição que fica claramente mais ‘firme’ com o Model 3.

Ao contrário dos outros modelos, o objetivo da Tesla com o Model 3 foi oferecer a experiência pela qual é reconhecida a um segmento mais acessível. Tendo em conta o elevado nível de popularidade que se tem verificado nos últimos meses a nível de vendas, diríamos que o objetivo foi cumprida.

Mas o que tem o Model 3 de tão especial? Dado que é mais barato do que o Model S e o Model X, será que a essência da experiência da Tesla se perdeu pelo caminho? Na verdade, podemos dizer que - depois de passarmos um fim de semana a conduzir um Model 3 Long Range - é exatamente o contrário.

Pode dizer-se na verdade que o Tesla Model 3 tem o que consideramos ser a experiência nuclear dos veículos da empresa, sem o ruído ou alguns dos artifícios presentes nos outros veículos. Sim, estamos a olhar para ti portas Falcon Wing do Model X.

A Tesla tornou-se célebre pelo forte poder de aceleração e autonomia da bateria dos seus veículos, dois elementos que qualquer pessoa terá de reconhecer que estão presentes no Model 3. Com a capacidade de ir dos 0 aos 100km/h em pouco mais de 4 segundos e uma autonomia de bateria que (com a condução certa) ronda os 600km, terá no Model 3 o carro elétrico adequado para viagens livres de preocupação e para se divertir um bocadinho a acelerar.

Notícias ao Minuto© Tesla

Claro está, uma das maiores vantagens de ter um Tesla é a rede de carregadores Supercharger já espalhados por Portugal (e por toda a Europa). Só no nosso país já é possível encontrar oito destes carregadores, sendo que há mais quatro atualmente planeados para Lisboa, Porto, Braga e Castelo Branco. A maioria destes Superchargers permite carregar o Tesla a uma velocidade de 150kW mas, no caso dos mais recentes, já é possível atingir os 250kW.

Dado que a maioria dos Superchargers se encontram estrategicamente posicionados a meio de percursos, conseguirá restabelecer em poucos minutos a energia que lhe falta até ao seu destino para que, aí assim, possa carregar o veículo durante mais tempo.

Notícias ao Minuto© Tesla

Autopilot é o futuro?

Além do poder de aceleração e da autonomia da bateria, a Tesla tem o sistema Autopilot como grande argumento. O sistema ainda não é 100% autónomo mas, com base nas anteriores versões que experimentámos, notam-se grandes progressos da parte da Tesla.

No Model 3 que tivemos oportunidade de testar estava incluído o pacote Enhanced Autopilot. Além de se manter na via de circulação e acelerar e travar de acordo com os outros veículos, o Enhanced Autopilot também inclui a capacidade de ultrapassar sem necessidade de rodar o volante.

Notícias ao Minuto© Tesla

Com o Autopilot ativo, basta movimentar o manípulo do ‘pisca’ para a esquerda ou direita para o veículo se movimentar para a respetiva direção. De notar que os sensores integrados no Model 3 conseguem detetar a quantidade de carros nas imediações e, caso exista algum veículo que coloque em causa a segurança da manobra, o sistema não segue adiante. Só o faz quando houver espaço para tal.

O sistema ainda não é perfeito. Terá, por exemplo, dificuldade em ativar o Autopilot em estradas que não tenham a devida sinalização no asfalto e a Tesla continua a exigir que (por motivos de segurança) mantenha as duas mãos no volante enquanto o sistema está ativado.

Notícias ao Minuto© Tesla

Nota também para o facto desta versão do Autopilot contar com a capacidade de detetar semáforos e sinalização na estrada, o que permite ao sistema ajustar a velocidade automaticamente e até parar caso detete um vermelho em sinais luminosos.

Por último, temos de falar do modo Summon. Este modo foi criado pela Tesla com o objetivo de permitir aos clientes chamarem o veículo para junto de si. Em teoria, o Summon poderia ser ativado pelo telemóvel à entrada de um centro comercial ou supermercado, o que faria com o carro viesse ter com o condutor à entrada. Na prática, é outra questão.

Notícias ao Minuto© Tesla

Tivemos a oportunidade de experimentar o Summon num parque de estacionamento ao ar livre e vazio e, infelizmente, o sistema não corresponde ao prometido pela Tesla. Além de ser necessário estar demasiado perto do carro - o suficiente para tornar desnecessário ativá-lo - o Summon nem sempre é ativado e, quando é, anda lentamente e com pouca firmeza.

O Summon em Portugal contrasta com a experiência de outros condutores da marca em outros territórios, por exemplo nos EUA. Questionada sobre o estado atual do Summon, a Tesla refere que a experiência deste modo tem sido afetada por restrições da União Europeia, apontando que assim que estas forem levantadas o Summon deverá funcionar tal como pretendido.

Notícias ao Minuto© Tesla

Design minimalista

Não podíamos deixar de falar também do design. Como já referimos, o Model 3 pode ser visto como um Model S e Model X ‘reduzido’ ao seu essencial, o que significa que a Tesla decidiu seguir em frente com um design interior o mais minimalista possível. Além de dois manípulos dos dois lados do volante, há apenas dois botões no próprio volante.

Ao centro do tablier é possível encontrar um ecrã tátil de 15 polegadas que lhe permite ter acesso à navegação e a todas as opções de entretenimento. Além disso, é também aqui (mais precisamente na área lateral esquerda) que serão apresentadas todas as informações necessárias à circulação, incluindo tudo o que os sensores conseguem detetar nas proximidades do veículo.

Notícias ao Minuto© Tesla

Acima dos lugares dianteiros está um apreciado teto panorâmico. Ao contrário do Model X, que tem o vidro dianteiro unido ao teto panorâmico, o Model 3 tem uma pequena ‘interrupção’ a meio que, a nível de design, não fica tão bem como no SUV. Ainda assim, contar com teto panorâmico não deixa de ser positivo de forma a iluminar naturalmente o habitáculo.

Quanto aos acabamentos do interior, nota-se que a Tesla tem procurado dar mais atenção. Mesmo que não tenha materiais dignos de carros de luxo, o Model 3 é não obstante um carro que não compromete no interior, não só do ponto de vista visual como também do conforto.

Notícias ao Minuto© Tesla

O mesmo se pode dizer do exterior. No Model 3 podem encontrar-se algumas das mesmas ‘linhas’ do Model S, ainda que não tenha um ‘nariz’ tão espetado. Trata-se de um carro um pouco maior do que aparenta, sobretudo a parte traseira que é um pouco mais larga do que a parte frontal e que pede uma atenção redobrada nas curvas em lugares mais apertados.

Últimas impressões

Depois de experimentarmos este Model 3 ficamos com a ideia de que se trata do modelo mais ‘equilibrado’ da Tesla. Além de oferecer os três grandes pilares a que a Tesla tem habituado nos últimos anos - desempenho, autonomia e Autopilot - o Model 3 é um veículo mais ‘sóbrio’ e que reúne o essencial da experiência da marca de carros elétricos de Elon Musk.

Mesmo sendo o veículo mais acessível da Tesla, não há dúvidas de que o design minimalista do interior se tornará uma imagem de marca da empresa - até porque os futuros Model S e Model X terão uma abordagem semelhante. Por isso, conseguimos dizer que o Model 3 é um claro olhar para o futuro da Tesla e o que os clientes poderão vir a considerar a experiência standard da marca.

O Tesla Model 3 está disponível por um preço a partir dos 50.900 euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório