Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Cerca de 46% dos participantes da Web Summit são mulheres

O cofundador e presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, disse hoje que "pouco menos de 46% dos participantes" da edição deste ano da cimeira tecnológica, que é totalmente 'online', são mulheres.

Cerca de 46% dos participantes da Web Summit são mulheres

A Web Summit arrancou na quarta-feira e termina na sexta-feira.

Paddy Cosgrave referiu a presença nesta edição de pessoas oriundas de 168 países, mais de 1.000 oradores, mais de 2.000 jornalistas, 679 conversas através dos cinco canais da Web Summit e 290 mesas-redondas ao vivo, entre outros números.

A Web Summit anunciou hoje que marcará presença em Tóquio, no Japão, em 2022.

Ou seja, dentro de dois anos, a Web Summit Tokyo terá lugar em setembro, seguida da Web Summit Lisbon, até agora "o maior evento de tecnologia do mundo".

A organização da Web Summit, o ministro da Economia, do Comércio e da Indústria e as autoridades da área metropolitana de Tóquio assinaram um acordo de parceria de cinco anos para trazer a cimeira tecnológica para a capital japonesa.

Este movimento insere-se nos planos da Web Summit em levar a conferência a novas regiões no mundo em 2022, onde se inclui a América do Sul, mais concretamente o Brasil.

"O Japão é o perfeito país para receber a Web Summit. Durante décadas tem sido o líder global em inovação, construindo algumas das mais sofisticadas e avançadas tecnologias que são usadas hoje", afirmou Paddy Cosgrave, no comunicado do anúncio deste acordo.

Na conferência de imprensa, o presidente executivo da Web Summit disse esperar que em 2022 o recinto do evento em Lisboa tenha "o dobro do tamanho", esperando que a capacidade aumente até "cerca de 140.000".

"A minha expectativa é que a maioria dos participantes adicionais venham de mercados onde ainda há uma grande margem para crescer", acrescentou.

"Já temos mais 5.000 participantes da Ásia", salientou.

Quanto à cidade onde se realizará a edição brasileira da Web Summit - cuja escolha é entre São Paulo e Porto Alegre -, Paddy Cosgrave adiantou que será conhecida nos próximos tempos.

Entretanto, o evento Rise vai mudar-se de Hong Kong para Kuala Lumpur, na Malásia, em 2022.

Cosgrave aspira que em 2023 os eventos da Web Summit se realizem no Japão, a que se possa juntar uma cimeira em África.

"Potencialmente, o Médio Oriente, também", disse, acrescentando esperar poder fazer "mais anúncios" no próximo ano, por esta altura, sobre planos de outros eventos.

A Web Summit, considerada uma das maiores cimeiras tecnológicas do mundo, realiza-se este ano totalmente 'online' com "um público estimado de 100 mil" pessoas.

Após duas edições realizadas em Lisboa (2016 e 2017), a Web Summit e o Governo português anunciaram, em Outubro de 2018, uma parceria a dez anos que permite manter a conferência na capital Portuguesa até 2028.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório