Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 4º MÁX 14º

Edição

"Há espaço para todos". Menino em cadeira de rodas atrai atenção da NASA

O menino de seis anos, portador de uma deficiência motora, sonha poder um dia trabalhar na NASA. A agência espacial já reagiu e mal pode esperar que Adam se junte à equipa.

"Há espaço para todos". Menino em cadeira de rodas atrai atenção da NASA

Um menino irlandês de apenas seis anos conquistou o coração dos telespectadores e dos internautas e atraiu a atenção da NASA. Adam King, portador de uma deficiência motora, revelou no 'The Late, Late Toy Show', da Irlanda, que sonha um dia trabalhar na NASA.

Na passada sexta-feira, o menino foi entrevistado no programa de televisão e expressou a esperança de, um dia, trabalhar no controlo terrestre de missões da NASA.

Quando questionado pelo apresentador Ryan Tubridy quanto às suas ambições, Adam respondeu de forma perentória: "Capcom [acrónimo para designar comunicação entre o controlo da nave e os astronautas] na NASA".

Já quando questionada se gostaria de ser astronauta, a criança foi realista e assumiu que, devido à sua condição física, esperava apenas trabalhar no controlo terrestre.

Desde a sua participação no programa, a criança recebeu várias mensagens de apoio de astronautas e de agências espaciais dos EUA e da Europa, como revela a BBC.

E Adam despertou mesmo a atenção da NASA, que escreveu no Twitter: "Há espaço para todos na NASA. Mal podemos esperar que ele um dia se junte à nossa equipa de sonhadores. Estaremos aqui quando ele estiver preparado".

Leia Também: NASA deixa mensagem à China depois de lançamento de missão à Lua

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório