Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

NASA anuncia que missão da sonda Osiris-Rex está em risco

A sonda espacial Osiris-Rex recolheu na quinta-feira uma quantidade de partículas do asteroide Bennu tão grande que o compartimento de armazenamento não conseguiu fechar totalmente e parte da amostra está a perder-se no espaço, anunciou a NASA.

NASA anuncia que missão da sonda Osiris-Rex está em risco
Notícias ao Minuto

06:49 - 24/10/20 por Lusa

Tech NASA

"Uma fração substancial da massa recolhida está a escapar", revelou o chefe de missão, Dante Lauretta, numa chamada de conferência com a imprensa.

A sonda terá recolhido cerca de 400 gramas de fragmentos do corpo celeste, muito mais do que o mínimo de 60 gramas, mas entre cinco e 10 gramas foram vistos no exterior do braço coletor, formando uma nuvem em seu redor, devido ao ambiente de microgravidade que faz os fragmentos comportarem-se como fluidos.

"A minha grande preocupação é que as partículas estão a escapar, estamos a ser vítimas do nosso próprio sucesso", admitiu o chefe de missão da Agência Espacial Norte-Americana.

Por esse motivo, uma operação de medição da massa capturada, que estava programada para sábado, foi cancelada devido ao risco de fazer dispersar ainda mais fragmentos.

A urgência, agora, é reduzir a atividade do dispositivo ao mínimo e prepará-lo tão rapidamente quanto possível para o armazenamento das amostras num contentor da sonda.

Os fragmentos encontram-se, neste momento, num compartimento no final do braço coletor da sonda e é o mecanismo de fecho deste compartimento que se encontra bloqueado por partículas relativamente grandes.

"Pensamos que estamos a perder uma pequena fração dos materiais, mas é mais do que gostaria. Estou bastante preocupado desde que vi as imagens. O mais prudente a fazer agora é armazená-los tão cuidadosamente quanto possível para minimizar quaisquer futuras perdas", admitiu Lauretta quando questionado se a Osiris-Rex corre o risco de perder todo o seu 'tesouro'.

Na quarta-feira, a sonda Osiris-Rex da NASA quebrou e fez voar alguns fragmentos do astroide Bennu ao tocá-lo com o seu braço coletor, o que deu à equipa responsável pelo projeto uma forte indicação de que a operação de recolha de fragmentos do corpo celeste tinha sido bem-sucedida.

Foi a primeira tentativa de recolher amostras de um esteroide levada a cabo pelos Estados Unidos, quatro anos depois de a sonda ter descolado da base de Cabo Canaveral e dois anos após alcançar o Bennu.

O asteroide Bennu é uma 'cápsula do tempo' rica em carbono que se acredita conter blocos da formação original do sistema solar há 4,5 mil milhões de anos atrás e, como tal, pode ajudar os cientistas a perceber melhor as origens da Terra e da vida como a conhecemos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório