Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

EUA: Facebook tomará medidas restritivas se eleições degenerarem em caos

A rede social Facebook indicou hoje que tomará "medidas excecionais" para "conter a circulação" de informações na sua plataforma se, na sequência das eleições presidenciais dos Estados Unidos, se registarem atos de violência ou o caos.

EUA: Facebook tomará medidas restritivas se eleições degenerarem em caos

Segundo o vice-presidente do Facebook, Nick Clegg, numa entrevista ao Finantial Times, o grupo de redes sociais elaborou um plano para gerir a circulação e o fluxo da informação no caso de cenários que vão desde tensões sociais a disputas políticas.

"Temos opções de emergência para fazer face a circunstâncias caóticas ou pior, violentas", ligadas as eleições em que se enfrentam o atual Presidente, Donald Trump, e o democrata Joe Biden, afirmou Clegg, sem, contudo, avançar pormenores.

As medidas preparatórias para a votação de 03 de novembro surgem numa altura em que os "gigantes" das redes sociais estão sob pressão para garantirem que não são um meio de desinformação maciça, depois de alertas na sequencia das eleições norte-americanas de 2016 ou o referendo britânico sobre o "Brexit".

Recentemente, o Facebook retirou da rede social as contas do grupo norte-americano da extrema-direita Patriot Prayer, implicado na violência contra manifestantes antirracistas em Portland, no oeste dos Estados Unidos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório